(59)Certeza e Segurança (em Deus) na Vida Cristã

A vida cristã, pela iniciativa da graça de Deus, no processo de santificação em que estamos, nos leva a uma tranqüilidade quanto à nossa salvação eterna. São duas certezas: somos salvos e nunca deixaremos de ser. Esta certeza não está baseada nos méritos pessoais, nos esforços religiosos, no que faz ou deixa de fazer. Está baseada somente no mérito do sacrifício de Jesus Cristo na cruz. Esta certeza e segurança produz comportamentos bem antagônicos entre si. Por um lado, uma vida de testemunho e de intenso desejo voluntário de agradar a Deus, por outro, por causa desta voluntariedade, altos e baixos na dedicação pessoal dos crentes, negligências sucessivas, compromissos descomprometidos. Enquanto as igrejas que pregam perda de salvação conseguem mobilizar seus membros a vários comportamentos e atuações, chantageando os medos espirituais que eles têm, as igrejas que pregam a salvação imperdível precisam motivar seus membros ao serviço, precisam mobilizar a voluntariedade deles, e ainda assim, sabe que, muitas vezes, não poderá contar com todos, quanto maior for o sacrifício necessário para o que devem fazer.
.
.
.
Quanto mais consagrado for o salvo, melhor o Senhor opera sua Graça, fazendo-o agradável aos seus propósitos. (2Co.3:5, Sl.37:5, Tt.2:11-14, Hb.13:20-21) (leia 399D)
Ensino Teológico Básico: Somente a Fé no sacrifício vicário de Jesus Cristo é suficiente para a salvação imperdível de qualquer pecador – Salva: Ef.2:8-9, Jo.3:16, Gl.3:22-25, 2Tm.1:9, Tt.3:5; Regenera: Rm.5:1, 6:4,14, 8:1, 14, 29-30, 2Co.5:17, Gl.2:20, Ef.2:1-6, 10, 5:25-27, Fp.2:13, Cl.2:13-14, Tt.2:11-14, Hb.13:20-21, 1Jo.2:1-2, 20, 27, 3:6-9; Imperdível: Jo.6:37, 10:28, Rm.8:38-39,
..
.
.
Certeza... Cl.2:2, 1Ts.1:5, 2Tm.1:12, Hb.10:22, 1Jo.2:3, 3:19, 4:13, 5:10.
Espírito Santo testifica adoção espiritual... Rm.8:16, Gl.4:6, 1Jo.3:24, 4:13, 5:6. Adoção... Dt.14:2, Is.43:1, 63:16, Ez.16:8, Os.11:1, Jo.1:12, Rm.8:15, 2Co.6:18, Gl.3:26, 4:5-6, Ef.1:5.
.
.
.
REFLEXÕES SOBRE O TEMA
.
.
.
Questões... (1)Lembremos 5 situações que são vantagens na vida da igreja, pelo fato de seus membros terem certeza de salvação. (2)Lembremos 5 situações de negligência dos membros na vida da igreja, por eles terem certeza que não perdem mais a salvação. (3)Lembremos 5 atitudes usadas pelas lideranças de igrejas que crêem em perda de salvação, para mobilizar bem seus membros a muitas atuações da igreja.

Introdução do Tema... Vários irmãos se levantam e cada um menciona um versículo bíblico sobre Salvação.
Leitura Reflexiva Rm.8:18-39. Intróito Declarativo: 410D
Abertura do Culto... (Leia com autoridade espiritual, com veemência profética e com convicção cristã, em nome da igreja, falando a Deus ou aos seus adoradores no culto.)... O nosso Senhor e Rei, Deus Todo-Poderoso, merece  a nossa melhor adoração. Não somos dignos de sua excelsa presença, mas está entre nós com todo seu amor, justiça e santidade. Temos o anseio de lhe oferecer o mais honroso culto. Demasiadas são as nossas razões para estarmos juntos aqui,  nesta adoração em nossa igreja. Honrá -lo com nossa presença, quando a igreja está reunida para cultuá-lo, é nossa prioridade de vida. A ênfase temática deste culto é “Vida de Certeza e Segurança em Deus” quando lembraremos o que realmente significa a certeza de salvação na vida de uma pessoa, neste mundo, e em toda eternidade..... NOSSA ORAÇÃO... Nosso Senhor e Rei, Deus Todo-Poderoso, mereces a nosa melhora adoração. Sejas contemplado em nosso culto. Para sempre. Amém. (cântico diferente das estrofes do hino 377A durante momentos apropriados do culto)  Hino coral: 324A
Cantor Cristão (hinos A): 372 a 378, 365, 366, 367, 370. Hinário para o Culto Cristão (hinos B): 334 a 358. Outros Hinos (hinos C): 349 a 351, 593
Leitura Bíblica HCC. (B): 341,354. Leituras Coletivizadas (E): 5, 32, 116. Declaração Congregacional (D): 190
Nosso culto a Deus:  346D. Responso Congregacional: Manhã, 356D; Noite, 360D. Declaração Final: 416D. Bênção Final: 370D.
Adicionantes... Calendário da Igreja;   Dias Comemorativos, 396D;   Oração Congregacional, 394D