Livro de Cultos 300 a 304

300A     Cantor Cristão.   TUDO POR CRISTO
1.Do Salvador bendito, sempre desejo ser; livre do mundo iníquo, quero também viver.

CORO. Quero viver pra Cristo, tudo lhe dedicar; tudo por Cristo, tudo, tudo, quero renunciar.

2.Quero servir a Cristo, de prontidão estar; útil na paz, na luta, pronto pra trabalhar.

3.Quero ficar com Cristo, sempre com Ele andar; seja na vida ou morte, seja no eterno lar.

4.Queres, pois, aceitar-me, tal como sou, Senhor? Venho entregar-me agora, sou teu, meu Redentor.
Tema: Vida de Amor e Consagração a Deus
Pode ser cantado com a melodia do... CC. 191, 224, 289, 300, 390, 457, 465, 549,

300B     HCC.   TAL QUAL ESTOU
1.Tal qual estou, ó meu Senhor, aceito agora o teu favor, pois sou indigno pecador. Ó Salvador, eu venho a ti.

2.Tal qual estou, me aceitarás, e tu me purificarás; e o meu pecado esquecerás. Ó Salvador, eu venho a ti.

3.Tal qual estou, sem esperar, que possa a vida melhorar, no teu poder vou confiar. Ó Salvador, eu venho a ti.

4.Tal qual estou e sem temor, eu peço que ouças meu clamor. Vem me envolver com teu amor. Ó Salvador, eu venho a ti.
Tema: Vida de Salvação
Tonalidade... Mi Bemol Maior
Este hino é rcomposição do CC.266
Pode ser cantado com a melodia do... CC. 77, 127, 300, 394, 412

300C     OH.   É MEU DEVER
1.Aceitar e crer somente em Jesus. Que para me salvar morreu na cruz
E ao chamar-me para eterna luz. ‘stá pronto a responder, ‘stá pronto a responder. É meu dever!

2.Ensinar a vida de retidão, Levar consolo à alma em aflição,
Ler a palavra com meditação. E orar ao anoitecer, orar ao anoitecer: É meu dever!

3.Alegrar e honrar a Deus, meu Senhor, Que ao mundo deu seu Filho em amor;
Temer e amar sempre a meu Salvador. Assim no meu viver, até quando eu morrer: É meu dever!
Tema: Vida de amor e consagração a Deus
Tonalidade:  F
Hino cantado com a melodia do MV.20 e CC.1

300D     DC.   DEZ PASSOS PARA PREPARAR ALGUÉM PARA O BATISMO
(um aluno da classe EBD, indicado por um dos diretores, deve discipular o batizando com estes passos)
(1)discipulador, contar seu passado sem Jesus, sua conversão, e o presente com Jesus.
(2)discipulando matriculado numa classeEBD, ser dizimista, dar bom testemunho na família, no trabalho, etc.
(3)discipulando estar envolvido no Evangelismo pessoal da classe EBD, feito por ele próprio e pela classe, todos juntos.
(4)compreender o conteúdo da Declaração 29 e 30 que está neste Livro de Cultos de nossa igreja.
(5)compreender e crer no conteúdo da Declaração 1 a 28, neste Livro de Cultos, da Declaração Doutrinária CBB
(6)compreender o conteúdo da Declaração 112, 113, 114, 115 e 116, neste Livro de Cultos da nossa igreja.
(7)compreender o conteúdo da Declaração 101. 102, 103, 104, neste Livro de Cultos da nossa igreja.
(8)preencher a Ficha de Ingresso ao Rol de Membros distribuído pela Secretaria da Igreja
(9)discipulador e discipulando, conversar com o Pastor da igreja com a ficha preenchida, mencionada antes, em mãos.
(10)receber orientações sobre o momento do batismo, como vestuário, posturas e outras coisas mais.

Obs... Os pais de pessoas com menos de 12 anos deve compreender que batismo não é para quem demonstra ser salvo, mas para quem diz ser salvo, convertido, para quem entende que é pecador contra Deus, desde Adão, mas que já foi perdoado completamente na cruz, com a morte de Jesus em seu lugar, e que por isto, já tem Cristo como Senhor e Salvador de sua vida. Salvador para descansar no seu perdão perfeito diante da Justiça de Deus, e Senhor para obedecê-lo como dono absoluto de sua vida, de tudo que é e vai ser na vida, e de tudo que tem e terá em sua vida. Os pais deve compreender que Deus vai continuar usando a vida deles para abençoar e ensinar muitas coisas da vida e da Bíblia a estes filhos salvos e batizados.

300E     LC.   O CIDADÃO DOS CÉUS
(Leia com autoridade espiritual, com veemência profética e com convicção cristã, em nome da igreja, falando a Deus ou aos seus adoradores no culto.)
Convidado... Adoramos a Deus pelo privilégio de sermos partes importantes na celebração da santa ceia; adoramos por sermos cidadãos dos céus; adoramos pela alegria que há em nossa alma, por sermos santos filhos do Senhor Deus... Pastor ou Direção... 1 Quem, Senhor, habitará na tua tenda? quem morará no teu santo monte? Congregação... 2 Nós que andamos irrepreensivelmente e praticamos a justiça, e dos nossos corações falamos a verdade; Voluntário1... Ora, no primeiro dia dos pães ázimos, vieram os disícpulos a Jesus, e perguntaram: Onde queres que façamos os preparativos para comeres a páscoa? Respondeu ele: Ide à cidade a um certo homem, e dizei-lhe: O Mestre diz: O meu tempo está próximo; em tua casa celebrearei a páscoa com os meus discípulos. E os discípulos fizeram como Jesus lhes ordenara, e prepararam a páscoa... Pastor ou Direção... 3 que não difamamos com a nossa língua, nem fazemos o mal ao nosso próximo, nem contra ele aceitamos nenhuma afronta; Congregação... 4 nós que desprezamos o pecado, que honramos os que temem ao Senhor; nós que, embora juremos com prejuízo, não mudamos;  Salvos... Nós te glorificamos, Senhor Deus, pela certeza que Tu nos dás, quanto à nossa salvação, em Jesus Cristo, mesmo reconhecendo nossos pecados e a nossa indignidade. Voluntário2... Ao anoitecer reclinou-se à mesa com os doze discípulos; e enquanto comiam identificou o traidor entre eles, tomou o pão e o abençoou, tomou o cálice e deu graças, avisou que não participaria de outra ceia até que no céu todos os seus discípulos estivessem... Mulheres... Estamos na santa presença de Deus, somos a santa igreja de Jesus Cristo, somos o santo corpo atuante do Senhor, celebramos com toda nossa reverência, a vida e a morte de Jesus, a santa ceia do nosso amado Senhor. Convidado... Adoramos a Deus pelo privilégio de sermos partes importantes na celebração da santa ceia; adoramos por sermos cidadãos dos céus... Coro... Nós habitaremos nas tendas dos Senhor, nós moraremos no seu santo monte. Pastor ou Direção... Rendemos graças a ti, Senhor Deus, pelo que a ceia significa para todos nós, pelo privilégio que nos dás em participar dela. Todos... 5 que não emprestamos o nosso dinheiro a juros, nem recebemos subornos contra o inocente. Nós que assim procedemos nunca seremos abalados. ... Amém
Salmo 15 (Mt.26:17-30)

301A     Cantor Cristão.   CRER E OBSERVAR
1.Em Jesus confiar, nele só descansar, oh! que graça, que bênção, que paz!
Satisfeito guardar, tudo quanto ensinar, alegria perene nos traz.

CORO. Crer e observar tudo quanto ordenar; o fiel obedece, ao que Cristo mandar!

2.O inimigo falaz e a calúnia mordaz, Cristo pode desprestigiar;
nem tristeza, nem dor, nem a intriga maior, poderão ao fiel abalar.

3.Que delícia de amor, comunhão com o Senhor, tem o salvo zeloso e leal;
o seu rosto mirar, seus segredos privar, seu consolo constante e real.

4.Resolutos, Senhor, e com fé, zelo e ardor, os teus passos queremos seguir;
teus preceitos guardar, o teu nome exaltar, sempre a tua vontade cumprir.
Tema: Vida de Amor e Consagração a Deus
Este hino está recomposto no HCC: 465
Hino com métrica semelhante ao CC. (3,53), 72, 171, 202, 301, 488, 555, 
Letra de Salomão Luis Ginsburg (1867-1927) (sua história está no hino 7A)
Livro: Se os Hinos Falassem4

301B     HCC.   REMIDO
1.Remido, eu vou proclamar, remido por preço real. Remido por Cristo na morte, eu tenho a paz eternal.

CORO.Remido! Remido, no sangue purificador! Remido pra sempre por Cristo, fui salvo por seu santo amor.

2.Remido e feliz, com Jesus, eu vivo e posso cantar. Na luz da presença de Cristo, eu vou para sempre andar.

3.Pensando no meu Redentor,  pensando, vou sempre orar. Vivendo, eu quero serví-lo, e um dia no céu vou cantar.
Tema: Vida de Salvação
Tonalidade... Mi Bemol Maior
Hino com métrica semelhante ao HCC. 224, 326, 378, 171, 238, 286, 500, 301, 114,

301C     OH.   NADA SE COMPARA
1.Nada se compara à glória do Senhor. Que criou o céu, a terra e o mar. Que criou o universo,
estabeleceu o mundo. E sobre tudo o que criou maravilhoso. Fez a mim e fez você.

2.Senhor Tu me sondas, Tu me conheces, Sabes do meu caminhar. Nos meus pensamentos
Esquadrinhas meu querer, De Ti nada posso esconder. Do Teu Espírito não me ausentarei,
Pois se subo aos céus, Ou se desço ao mar, Em qualquer lugar. O Teu amor comigo está.
Tema: Vida de amparo e proteção de Deus

301D     DC.   A ORAÇÃO NA BÍBLIA
Ponto 1... MATEUS 6 JESUS ENSINA COMO SE DEVE ORAR
v5s  sem exibições, com humildade, sem a necessidade IMPRESSIONAR a si mesmo, as pessoas presentes ou a Deus.
v7    sem artifícios pra obrigar Deus a atender, sem querer PRESSIONAR o Senhor a fazer o que se está pedindo.
v8    crendo que Ele já sabe como atender a tudo, por sua onisciência, sua sabedoria, seu amor e sua misericórdia.
v9s    se mostrando submisso à vontade dEle, como fez Jesus no Getsemani, pediu mas “seja feita a tua vontade”
v11s  se mostrando dependente do Seu senhorio, do seu cuidado, dos seus planos, da sua vontade soberana.
V13   se mostrando confiante de sua proteção, de que está guardado, mesmo quando não vê ou não entender isto.
V14s   querendo agradá-Lo a qualquer custo, a qualquer sacrifício que venha trazer agrado ao Senhor, com sua ajuda.

Ponto 2... O QUE A FÉ NÃO É E NÃO DEVE SER
Fé  Não é pra pressionar Deus ao que se quer dele, do seu poder, da sua autoridade, da sua majestade universal.        
Fé  Não é pra impressionar pessoas ao redor mostrando quem quer ser aos olhos delas, ou do julgamento delas.
Sl.37:5... fé é algo totalmente diferente disto... fé é...
   Entrega de vida, planos, caminhos, vontades, anseios... é abrir mão de tudo que tem e tudo que é, para o Senhor.
   Confiança em Deus, Criador, Sábio, Soberano, Senhor, Estrategista, Amado que sabe muito bem como cuidar de nós.
   Saber que ele tudo fará, da melhor maneira, melhores conseqüências para nós, para os outros e para seu Reino.

Ponto 3... MARCAS DE QUEM CONFIA...SL.37:4,7
V4  alegrar-se com Deus, o que faz e permite 1Ts.5:18; alegrar-se até com o ruim, sabendo que Ele está no controle.
V7  descansar, sabe o que/como/praque faz por nós Rm.8:28; descansar que tudo vai nos beneficiar sem demoras.

Ponto 4... PELA ORAÇÃO SE CONHECE BEM QUEM...
Descansa no Senhor e tem espírito reconhecido com sua proteção: sem pavores, exigências,sugestões, pressas.
Ou quem quer usar Deus como...
    Garantia de vida boa e protegida no mundo... em benefício próprio ou dos seus muitos e variados interesses.
    Meio para agradar-se religiosamente... como modelo aos outros, como obtenção ou manutenção de status no grupo

301E     LC.   DIGNO DE LOUVOR
(Leia com autoridade espiritual, com veemência profética e com convicção cristã, em nome da igreja, falando a Deus ou aos seus adoradores no culto.)
Convidado... Neste culto, damos glórias a Deus pela santa ceia, por ela nos revelar o quanto o Senhor Jesus Cristo é digno de nosso louvor... Pastor ou Direção... 1 Louvemos ao Senhor. Louvemos, servos do Senhor, louvemos o nome do Senhor... Voluntário1... Ora chegou o dia dos pães ázimos, em que se devia imolar a páscoa; e Jesus enviou a Pedro e a João, dizendo: Ide, preparai-nos a páscoa, para que a comamos. E perguntou-lhes eles: Onde queres que a preparemos? Respondeu-lhes: Quando entrardes na cidade, sair-vos-á ao encontro um homem levando um cântaro de água; segui-o até a casa em que ele entrar. E direis ao dono da casa: O Mestre manda perguntar-te: onde está o aposento e que hei de comer a páscoa com os meus discípulos. Então ele vos mostrará um grande cenáculo mobiliado; aí fazei os preparativos. Foram pois, e acharam tudo como lhes dissera e prepararam a páscoa. Congregação... 2 Bendito seja o nome do Senhor, desde agora e para sempre. Diáconos... 3 Desde o nascimento do sol até o seu ocaso, há de ser louvado o nome do Senhor. Todos... 4 Exaltado está o Senhor acima de todas as nações, e a sua glória acima dos céus... Voluntário2... E, chegada a hora, pôs-se Jesus à mesa, e com ele os apóstolos. E disse-lhes: tenho desejado ardentemente comer convosco esta páscoa, antes da minha paixão; pois vos digo que não a comerei mais até que ela se cumpra no reino de Deus...  Salvos... Nós de glorificamos, Senhor Deus, na celebração da santa Ceia, pela certeza que temos de nossa salvação eterna, por Jesus Cristo, mesmo reconhecendo nossos pecados e a nossa indignidade. Congregação... 5 Quem é semelhante ao Senhor nosso Deus, que tem o seu assento nas alturas, Pastor ou Direção... 6 que se inclina para ver o que está no céu e na terra? Coro... 7 Ele nos levanta do pó, como pobres, e do monturo nos ergue, como necessitados, Congregação... 8 para nos fazer sentar com os príncipes, sim, com os nossos  príncipes, nós, seu povo santo. Mulheres... Estamos na excelsa presença de Deus, somos a igreja salva de Jesus Cristo, somos o corpo atuante do Senhor, celebramos com toda nossa reverência, a vida e a morte de Jesus, a santa ceia do Senhor... Convidado... Damos glórias a Deus pela santa ceia, por ela nos revelar o quanto o Senhor é digno de nosso louvor... Coro... Louvamos ao Senhor, nós os seus servos, louvamos o nome do Senhor. Pastor ou Direção... Rendemos graças a ti, Senhor Deus, com o mais profundo do nosso coração, pela santa ceia do Senhor, pelo pão e pelo sangue, pela vinda e pela morte de Jesus. Todos... 9 Ele faz com que as mulheres estéreis habitem em família, e sejam alegres mães de filhos. Louvemos ao Senhor. ... Amém
Salmo 113 (Lc.22:7-23)

302A     Cantor Cristão.   COMO A NEVE
1.Bom Jesus, és todo meu, eu também sou todo teu. Dá-me graça para ser, todo teu até morrer.

CORO. Bom Jesus, minha alma quer, qual a neve branca ser. Vive no meu coração, faze-o puro, limpo e são.

2.Salvo estou em teu amor; já não tenho assim temor; tenho a mais perfeita paz, nem a morte susto traz.

3.Dia a dia, meu Jesus, quero andar em tua luz, té que enfim eu vá morar, no celeste e eterno lar.
Tema: Vida de Amor e Consagração a Deus
Pode ser cantado com a melodia do... CC. 227, 234, 302, 330, 348,

302B     HCC.   NOVAS CRIATURAS EM CRISTO
(Leia com autoridade espiritual, com veemência profética e com convicção cristã, em nome da igreja, falando a Deus ou aos seus adoradores no culto.)
Dirigente: O amor de Cristo nos constrange, porque julgamos assim: se um morreu por todos, logo todos morreram; e ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou. Congregação: Por isso daqui por diante a ninguém conhecemos segundo a carne; e, ainda que tenhamos conhecido Cristo segundo a carne, contudo agora já não o conhecemos desse modo. Coro: Pelo que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. Dirigente: Mas todas as coisas provêm de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Cristo, e nos confiou o ministério da reconciliação; pois que Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não imputando aos homens as suas trangressões; e nos encarregou da palavra da reconciliação. Congregação: De sorte que somos embaixadores por Cristo, como se Deus por nós vos exortasse. Rogamos-vos, pois, por Cristo que vos reconcilieis com Deus. Todos: Àquele que não conheceu pecado, Deus o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus.
Tema: Vida de Salvação
Leitura bíblica: 2 Co 5.14-21

302C     OH.   EU TE AMO
1.Eu te amo, oh Senhor. De todo o coração, Meu refúgio protetor, A minha salvação
A única razão do meu louvor. Debaixo de suas asas, Sempre estarei

2.Nem a morte, nem a vida. Potestades ou principados, Nem a fome ou a angústia. Poderão me separar de Ti
Santo, Santo, Santo. Santo, Santo, Santo.
Tema: Vida de amparo e proteção de Deus

302D     DC.   DONS ESPIRITUAIS NA BÍBLIA
Capacitações que Deus dá a salvos e até não salvos,que não as tem, quando Ele quer, só para edificação da igreja
Há Dom (At.2:38), dons (1Co.12:1), talentos e frutos no ensino bíblico (Gl.5:22s)
   Dom de Deus At.2:38... é o Espírito Santo no salvo; Deus dá a todo que passa pelo arrependimento verdadeiro           
   Fruto do Espírito Gl.5:22s... marcas da presença deste Espírito Santo na vida de uma pessoa, habitando e guiando.
      todo fruto é permanente e cresce paulatinamente – crescimento espiritual, o salvo parecendo mais com Jesus
   Talento Mt.25:14-30... habilidades natas em cada pessoa; capacitação natural para uma ou outra tarefa.
   Dons... habilidades que o Espírito Santo dá a quem Ele quer usar e que não a tem para uma ou outra obra.

Dons Espirituais  capacita o salvo para a Obra... são:
   3 listas de dons na Bíblia: de UNÇÃO, de LIDERANÇA, de SERVIÇO, para edificação da Igreja de Jesus Cristo.
   de UNÇÃO, Ef.4:11... de caráter mais permanente, para os chamados para o santo ministério da pregação da Palavra.
   de LIDERANÇA Rm.12:6ss... menos permanente no crente; motivadores e guiadores da igreja em suas atuações.
   de SERVIÇO 1Co.12:8ss...  provisórios, urgentes, momentos; no mesmo dia, o salvo pode ser usado com vários deles.
      Paulo foi usado com dom de cura uma vez At.19:11s; depois não teve esse dom 1Tm.5:23 2Tm.4:20

Características de todo dom espiritual, doado por Deus em qualquer pessoa: 1Co.12
   (v7)edifica todos na Igreja, nunca uma só pessoa; usa um que pode até não se beneficiar, mas abençoa toda igreja.
   (v8ss)um dom pra cada pessoa, não um pra muitos; “a um”, “a outro”, não é espetáculo para muitos se apresentarem.
   (v11)Espírito não dá a quem pede, mas a quem Ele quer, quando quer, no momento e circunstância que Ele quiser dar   
   (v12-27)nenhum dom é mais importante, que outro; todos no momento necessário tem seu devido valor pra Deus
   Definição...”dom espiritual” é tudo que Deus leva um salvo (ou para o bem da igreja, um não salvo) a ser ou fazer...
     que ele não seja ou não consiga fazer por seus próprios talentos pessoais, adquiridos em sua existência humana  
     que produza paz e edificação na Igreja toda, que traga crescimento espiritual a muitos ou todos de uma igreja.

As línguas na Igreja de Corinto não eram dom espiritual, não tinha características de “dom espiritual”: 1Co.14
   A Igreja em nada era exemplo para outras igrejas, a grande maioria era dirigida pela carne, o velho homem.
   Eram ignorantes sobre o assunto 1Co.12:1, 14:20, desinformados, sem o devido discernimento espiritual na prática.
        “Estranhas”: ”ramalá” “siriri” “glóriaglóriaglória” “Che rê rê” “auau” e outras que ninguém pode entender nunca
   (v1-6)não edificava a Igreja, somente (talvez) os que as falavam, talvez pos se sentirem mais espirituais que os outros
   (v7-19)não dizia nada a ninguém, eram sem nexo, sem sentido, irracionais, mesmas falas pra dizer tudo que se queria
   Eles não sabiam(v20), mas, biblicamente, deveriam saber que: (o Espírito Santo nos mostra verdades, 1Jo.2:20,27)
     (v21)dom (de verdade) de línguas são idiomas estrangeiros, outras línguas verdadeiras, inteligíveis, conexas.
     (v22)pra falar a ímpios estrangeiros, de outros povos e países, pois o objetivo é a evangelização de estrangeiros.
     (v23ss)fora disso é escândalo na igreja, o que era contra a vontade de Deus, e atrapalha a edificação da igreja.

O culto a Deus deve ser como Deus é, como Ele merece, digno de sua santa presença e eterna soberania:
   (v26)tudo para edificar todos, tudo com objetivos específicos, abençoar os que estão adorando ao Senhor.
   (v27)dom de línguas, poucas, se forem realmente “dom espiritual”, serão coerentes se houverem estrangeiors no culto.
   (v29-32)dom de pregar, poucos também, outros julguem na Bíblia, Deus fala também através de outros atos cultuais.
   (v 33,40)com decência e ordem, de uma forma organizada e tranqüila, sem atropelos e desorganizações humanas.
   (v34ss)mulheres caladas para não escandalizar os não salvos presentes, naquela cultura em Corinto, contrária a elas
   (v39)não rígidos com os teimosos, os fracos, que continuarem ignorantes; o culto deve ser um lugar de muita paz.

Igreja de Corinto, tudo diferente da Igreja de Jerusalém, o que fazia uma grande diferença sobre dons At.2
   Como nas igrejas pentecostais e neo-pentecostais, em geral, onde emocionalismo é confundido com espiritualismos...
   língua estranha não é dom, é manifestação emocional, de êxtase religiosa; emoção sempre é enganosa a qualquer um
   em pessoas bem intencionadas que desinformadas aprenderam errado (12:1), sem a direção do Espírito (1Jo.2:20,27).
DONS ESPIRITUAIS DE UNÇÃO
dons para liderança espiritual, no mnistério da Palavra, na edificação do Corpo de Cristo – Efésios 4:11s
são os vários líderes pelas igrejas, no tempo do apóstolo Paulo; mesmo naquela época, a lista não está completa.
APÓSTOLOS (enviados)– líderes acima de todos, em todo lugar; aprenderam de Jesus, o que doutrinar a igreja
PROFETAS (pregadores)– viajavam pelas igrejas, em todo lugar, eram pastores pregadores intinerantes, não locais.
EVANGELISTAS (missionários)– enviados a abrir novas igrejas, eram pioneiros pregadores por lugares sem igrejas.
PASTORES (líderes)– o líder, responsável, anjo da igreja local, geralmente eram locais, tinham uma igreja base de ação
MESTRES (ensinadores)–o Pastor mesmo ou Educador Religioso, sistematizadores e ensinadores da Palavra de Deus
A todos estes, são devidas as honras e o sustento, “viverem do evangelho, dignamente” – 1Tm.5:17
Não inclui “diáconos”, são homens fiéis, escolhidos na igreja, mas não necessariamente dotados de unção para isto.
DONS ESPIRITUAIS DE LIDERANÇA
não de Unção (Ef.4:11s), mas para auxiliar a liderança espiritual da Igreja em seu cotidiano – Rm.12:3-8
são os vários leigos nas igrejas, no tempo do apóstolo Paulo, como foram os Diáconos com seus objetivos (At.6:1-6):
PREGADOR (profeta)- proclamadores das verdades do Senhor na vida de uma determinada igreja local.
MINISTRO (executivo)- atuam em atividades variadas na igreja, convocando e dirigindo salvos a desafios essenciais
PROFESSOR (ensinador)- responsáveis pela aprendizagem, naturalmente se torna o doutrinador de um grupo.
EXORTADOR (disciplinador)- lideram grupos, na igreja, aceitos para dirigir a disciplina em várias situações
CONTRIBUIDOR (finanças)- dirigem a vida financeira da Igreja levando muitos a uma vida de contribuição na obra
ADMINISTRADOR (presidente)- líderes dos líderes leigos da igreja, organizador da ação dos vários grupos distintos
CONSOLADOR (misericordioso)- buscam confortar os fracos em várias situações particulares e existenciais
DONS ESPIRITUAIS DE SERVIÇO
não de unção (Ef.4:11s), nem de liderança (Rm.12:3-8), mas de atuação mais comum a muitos na igreja – 1Co.12:8-10
os dons de serviço estão, em hierarquia, abaixo dos outros tipos, sob a lideranças dos dois primeiros– 1Co.12:28
são capacitações dadas: quando não se tem, não permanentes, para uma situação específica ao bem geral da igreja.
PALAVRA DE SABEDORIA E CIÊNCIA- de sábio e de quem conhece o que diz, que determinam rumos na igreja.
FÉ E PROFECIA- confiança extrema e pregação com mensagem, capaz de levar a igreja a desafios importantes
CURA E MILAGRES- despertador de cura e milagres em carentes, pela presença, palavra, sem alardes exibicionistas.
DISCERNIMENTO DE INTENÇÕES- percebe as intenções de outros, ajuda a igreja a evitar pessoas perniciosas
REVELAÇÃO- desvenda, aclara, mostra verdades em textos e ensinos obscuros na Bíblia (2Pd.3:15,16)
LÍNGUAS E INTERPRETAÇÃO- fala e entende idiomas, capaz de fazer comunicação sadia e espiritual (1Co.14:21)

303A     Cantor Cristão.   AMOR A JESUS
1.Jesus, sempre Te amo, porque sei que és meu; a ti toda a honra, e louvores dou eu.
Meu Mestre divino, meu Amo, meu Rei, a ti, ó meu Cristo, me submeterei!

2.Eu Te amo, porque Tu morreste por mim, eu Te amo, porque teu amor não tem fim.
Em Ti confiança pra sempre terei; a Ti, ó meu Cristo, me submeterei!

3.Eu Te amo na vida, na morte também; sempre hei de louvar-te na glória de além.
Agora e pra sempre por Ti viverei; a Ti, ó meu Cristo, me submeterei.
Tema: Vida de Amor e Consagração a Deus
Este hino está recomposto no HCC: 062
Pode ser cantado com a melodia do... CC. 149, 170, 173, 176, 203, 211, 303, 334, 533, 556,
Letra de Salomão Luis Ginsburg (1867-1927) (sua história está no hino 7A)

303B     HCC.   MARAVILHOSO CRISTO
1.Por mais triste que seja o dia, ou a noite sem terminar, quem em Cristo Jesus confia, ainda cantará.

CORO.Maravilhoso Cristo, ele ensina minha alma a cantar:
um canto de força, coragem e fé, ele ensina minha alma a cantar.

2.Quando a cruz é pesada e dura, quando é grande teu medo e dor; com seu braço Jesus te ajuda, com seu poder e amor.

3.Nunca houve alguém tão culpado, infeliz, sem ter paz e luz, que não fosse ao bom Deus levado, por meio de Jesus.
Tema: Vida de Salvação
Tonalidade... Lá Bemol Maior
Hino com métrica semelhante ao HCC. 160, 532, 167, 396, 37, 387, 303, 450, 308,

303C     OH.   DEUS DE AMOR
1.Tantas lutas, tantas dores Num deserto pareço estar Mas te entrego os meus temores; Sei que em ti, Senhor,
posso confiar, Quero trazer à memória aquilo que me dá esperança; Quero trazer à memória aquilo que me dá esperança
Como é bom poder pertencer a um Deus de amor. Como é bom poder confiar em tua fidelidade

2.Eu descanso em ti, Eu espero em ti, Eu te adoro, Deus de amor. Em   ti eu posso me alegrar, Com ousadia declarar
O Deus a quem eu sirvo. Nunca falhou e não falhará, Como é bom poder pertencer a um Deus de amor.
Como é bom poder confiar em tua fidelidade. Eu descanso em ti, Eu espero em ti, Eu te adoro, Deus de amor
Tema: Vida de amparo e proteção de Deus

303D     DC.   PORQUE O DOMINGO
Não guardamos o dia chamado “Sábado”...Porque temos muitos motivos...
(1)fere suficiência da fé,  da Bíblia e da Graça quando se condiciona a guarda de um dia à salvação eterna
    nenhum lugar na Bíblia, diz que salvação depende de sua guarda ou de qualquer outra coisa que não seja a fé
(2)“shabat” é descanso no hebraico, (é um adjetivo) no VT. da Bíblia em relação a um dia do calendário daquele povo.
    qualifica qualquer dia da semana, não é nome de dia (substantivo); no calendário deles, era o 7º dia, o último
    qualquer dia após seis dias de trabalho (Gn.2:2-3); no nosso calendário o 1º de trabalho é a segunda feira.
(3)Êx.20, Sábado é acréscimo (como em Ap.22:14 – versão Revisada), foi incluído no texto posteriormente.
    há 11 Mandamentos com ele (siga os pontos em Ex.20) e ele distona do caráter ordenação que os outros têm.
    Ele foi mencionado, na verdade, depois já quando Moisés estava para voltar ao povo, “falarás também”, Ex.31:13
    Seria um Sinal eterno só entre Deus-Israel Ex.31:16s, uma das marcas dos concertos de Deus com eles.
(4)Jesus obedeceu toda a lei Mt.5:17s, “toda” tem o sentido de absolutamente, para Deus, toda a Lei de Moisés.
    Sábado, Ele quebra Jo.5:16-17: e claramente faz questão de dizer que não obedece, juntamente com o Senhor Deus
    Sábado, Ele manda quebrar v8s; mesmo sabendo da repercursão que aquilo teria, publicamente dá esta ordem.
    Sábado, Ele defende os discípulos Mt.12; quando estes publicamente quebraram aos olhos de todos os presentes.
    Sábado, Ele nunca menciona Mt.19:18s, quando fala sobre outros Mandamentos em várias situações.
(5)Jesus e Paulo vão, Sábado, à sinagoga só pregar evangelho aos judeus, reunião principal, todos estariam reunidos
(6)NT não manda que se reúna no Sábado, nem diz que a igreja  esteve reunida no sábado, alguma vez.

Adoramos a Deus no Domingo (Primeiro Dia da Semana)... Porque temos muitos fortes motivos para isto....
(1)dia da Entrada Triunfal de Jesus em Jerusalém Mt.21:9s, da sua Ressurreição 28:1, e de Pentecostes At.2:1
(2)cristãos reunidos com Jesus ressurreto, Jo.20:19,26, (neste dia e no seguinte, não no Sábado)
(3)Ceia, principal culto cristão At.20:7 bom para recolher ofertas 1Co.16:2, acontecia neste dia, não no Sábado.
(4)chamado “dia do Senhor” Ap.1:10 (escritores da época primitiva diziam ser este dia, não no Sábado)
(5)testemunho dos chamados “Pais da Igreja.” no 1º e 2º séculos (“cultuamos no primeiro dia da semana”)
(6)o Imperador Constantino só “feriadizou” o costume do 1º dia da semana, dos cristãos, por interesses políticos
(7)“shabat” (=é descanso) só após 6 dias de trabalho, nosso calendário coloca o 1º dia de trabalho na segunda feira
(8)somos livres da Lei Ef.2:15 (que inclui Mandamentos) Rm.7, Gl.5:1,4,14, são antagônicos à ação da Graça de Deus
    maldito quem a guarda pois não a cumpre completa G.3:10-11, por isto Jesus fez isto por nós, em nosso lugar, v13
        a cumprimos em Jesus Rm.8:3-4, 2Co.5:21, caducou, não mais sentido, para nós que já a cumprimos Mt.5:17-18
    ela serve para condenar o homem ao inferno (Rm.3:20) e indicar Jesus Salvador como solução (Gl.3:22-24)
        depois não serve para o crente, já obediente em Jesus Gl.3:25, só serve para perdidos sem Jesus Rm.7:7
    estamos em novo concerto, o da Graça de Deus, operado por Jesus Gl.3:26-29, 5:18, 23, Jr.31:29-34, 32:37-40

304A     Cantor Cristão.   UM VASO DE BÊNÇÃO
1.Quero ser um vaso de bênção, sim, um vaso escolhido de Deus,
para as Novas levar aos perdidos, Boas Novas que vêm lá dos céus.

CORO. Faze-me vaso de bênção, Senhor,  vaso que leve a mensagem de amor!
Eis-me submisso pra teu serviço, tudo consagro-te agora, Senhor!

2.Quero ser um vaso de bênção, para todos os dias fazer
aos culpados que vivem nas trevas, o perdão de Jesus conhecer.

3.Quero ser um vaso de bênção, sim, um vaso de bênção sem par,
avisando que salvos em Cristo, jubilosos no céu hão de entrar.
Tema: Vida de Amor e Consagração a Deus
Este hino está recomposto no HCC: 438
Hino com métrica semelhante ao CC. 111, 277, 304, (477, 483), 566

304B     HCC.   JESUS, LEVASTE A MINHA CRUZ
1.Jesus, levaste a minha cruz, humilde em teu amor. No teu olhar brilhava a luz, de compaixão, Senhor.

2.Provaste, ó Cristo, amargo fel, e zombaria, enfim, de um povo mau e tão cruel, sofrendo, ali, por mim.

3.Suspenso numa cruz tão vil, mostraste o teu amor. Perdão pra gente tão hostil, rogaste, Salvador.

4.Rendeste o espírito, enfim, com forte brado teu. Venceste a luta contra o mal, missão que o Pai te deu.
Tema: Vida de Salvação
Tonalidade... Fá Menor
Este hino é rcomposição do CC.094
Pode ser cantado com a melodia do... CC. 38, 72, 82, 120, 187, 190, 290, 304, 314, 316, 339, 437, 510, 515, 524, 567,

304C     OH.   EM TEUS BRAÇOS
1.Em teus braços eu me escondo, onde sempre quero estar. Ao teu lado protegido, eu desejo caminhar.
Inimigos me perseguem, eu sucumbo ó Salvador; Muito aflito te suplico, auxilia-me, Senhor!

CORO.Em teus braços eu me escondo, onde sempre quero estar; Ao teu lado protegido, eu desejo caminhar.

2.Em teus braços eu me escondo, pois sem ti não posso andar. Com o coração aflito, venho a ti para implorar.
Oh! Escuta Cristo os rogos, que te faço com fervor; Dá-me abrigo nos teus braços, e protege-me, Senhor.
Tema: Vida de amparo e proteção de Deus
Tonalidade Re

304D     DC.   O DÍZIMO NA BÍBLIA
Na teologia bíblica = o dízimo, a décima parte de nossas rendas, pertence a Deus, na vida de salvos ou não salvos.
   Consagração e entrega ao Senhor da décima parte dum ganho, para o sustento da obra de Deus
   diferente de oferta pessoal, que é uma doação pessoal, ao Senhor Deus ou à sua Obra, à Igreja de Cristo.

O Dízimo é uma prática anterior ao judaísmo; em 2mil anos AC, Abraão já conhecia e praticava sem dificuldades.
   Era 10% em Lídia, na Fenícia, em Cartago e outras nações pelo mundo; 20% no Egito, era entregue aos deuses.
   Abraão convertido entregou o seu dízimo Gn.14:18ss com algumas características muito parecidas com hoje:
      1)de tudo que possuía, 2)espontâneo, por vontade própria de obedecer, 3)a Deus 4)pelo sacerdote Melquisedeque
   Jacó, ainda não convertido, barganhou o seu dízimo, daria o dízimo, se Deus o abençoasse  Gn.28:20ss

Malaquias capítulo 3 dá ensinos importantes sobre o dízimo que devemos ao Senhor Deus, por sua ordem...
   v8s sobre quem não entrega a ele corretamente, quem tenta ludibriar com tudo ou com parte do dízimo real
      (1)roubo, ladroagem, desonestidade, (2)cinismo, “em que te roubamos?” (3)castigo natural existencial consequente
   v10a   sobre a entrega fiel e dedicada do dízimo segundo a orientação que Deus deu ao seu povo...
      (1)décima parte dos ganhos, (2)no templo, Casa do Senhor, onde acontece a vida religiosa do povo do Senhor         
      (3)para sustento da Obra, em todas as suas atividades e obreiros do Senhor, de forma digna conforme o ofício.
   v10b-11sobre as bênçãos provenientes aos obedientes, como resultado natural da obediência praticada
      (1)espirituais, descidas pelas “janelas do céu” para os alcançar pessoalmente e a todos ao seu redor.
      (2)materiais, sem acréscimos ao que aconteceria normalmente, só retendo o “devorador” da renda

Jesus re-ensina a Lei e o VelhoTestamento, re-interpreta como máximo da revelação de Deus aos homens
   desfez preceitos como o Sábado, Jo.5:16ss, os juramentos, adoração só em Jerusalém, apedrejamento de adúlteras
   melhorou outros, como o “não matarás” Mt.5:21s, “não adulterarás”, sobre oração e jejum como não de exibição, etc.
      o amor ao próximo e aos inimigos, a prática do perdão, divórcio não é por qualquer motivo naquela cultura.
   confirmou outros, como o dízimo, Mt.23:23, ceia pascoal, templo como Casa de Oração, Deus é único e eterno.
      (1)dizendo que é obediência a Deus Mt.22:21   (2)e obediência, tem mais valor que o dízimo em si
O dízimo deve ser entregue: 1º por obediência, 2º por reconhecimento a Deus, 3º gratidão, 4º por alegria pessoal

(TODOS) Senhor, nosso Deus, somos salvos, somos teus filhos, somos teus servos. Somos obedientes a ti. Assumimos ser ou continuar sendo dizimistas por obediência a ti, por reconhecimento a ti, por gratidão a ti e pela alegria que há em nossos corações. Não queremos nada em troca da nossa fidelidade apenas a certeza de tua satisfação por nosso mordomia. (TODOS) Sejas glorificado no que somos e no que fazemos, Amém.