(44)Alegria do Evangelho (no novo Salvo)

O Evangelho tem dois conteúdos, duas ênfases, a situação condenatória de todo o homem (Rm.3:23), e a solução jurídico-espiritual promovida por Deus, através de Jesus, a todos que se achegarem pela decisão pessoal (1Jo.2:1-2). Todo homem está convencido de sua situação pecaminosa (Rm.1:18-20), todos são conscientes que não são dignos da salvação eterna (Rm.2:1). Conhecer o projeto de Deus para a salvação produz tristeza profunda em quem rejeita, em quem adia, em quem morre sem tomar a decisão certa; mas promove profunda alegria em quem toma esta decisão, não só por ter ingressado na graça (Tt.2:11-14) e passar a desfrutar de seus benefícios (Hb.13:20-21), que são muitos, mas por estar numa situação de tranqüilidade (1Jo.3:9), pois a qualquer momento que venha a morrer, estará seguro nesta salvação (Jo.10:28). Esta sensação de segurança promove uma profunda e contagiante alegria interior (Sl.51:12).
.
.
.
.
Quanto mais consagrado for o salvo, melhor o Senhor opera sua Graça, fazendo-o agradável aos seus propósitos. (2Co.3:5, Sl.37:5, Tt.2:11-14, Hb.13:20-21) (leia 399D)
Ensino Teológico Básico: Somente a Fé no sacrifício vicário de Jesus Cristo é suficiente para a salvação imperdível de qualquer pecador – Salva: Ef.2:8-9, Jo.3:16, Gl.3:22-25, 2Tm.1:9, Tt.3:5; Regenera: Rm.5:1, 6:4,14, 8:1, 14, 29-30, 2Co.5:17, Gl.2:20, Ef.2:1-6, 10, 5:25-27, Fp.2:13, Cl.2:13-14, Tt.2:11-14, Hb.13:20-21, 1Jo.2:1-2, 20, 27, 3:6-9; Imperdível: Jo.6:37, 10:28, Rm.8:38-39,
Mateus 9:9-10, Lucas 19:6-9, João 1:43-45, Apocalipse 3:20 Receptividade em receber a Cristo... Mt.10:40, , Mc.9:37, Lc.8:40, 19:6, Jo.1:12
Tristeza banida... Is.25:8, , 35:10, 51:11, 60:20, 65:19, Jr.31:12, Ap.7:17, 21:4
.
.
.
REFLEXÕES SOBRE O TEMA
.
.
.
Questões... (1)Como podemos entender que o Evangelho do Reino pode promover esta alegria na vida de alguém? (2)Lembremos 5 consequencias desta alegria na vida de um novo salvo. (3)Por que esta alegria parece diminuir a partir do passar do tempo, na vida deste novo salvo? (4)O que pode-se fazer para manter esta alegria sempre acesa na vida de um salvo?
.
.
.
Introdução do Tema... Vários irmãos vão se levantando, e cada um faz uma oração-frase nos oferecendo para vivermos intensamente no mundo, e para o mundo, esta alegria que o evangelho tem produzido em nós.
Leitura Reflexiva Rm.8:1-17. Intróito Declarativo: 405D
Abertura do Culto... (Leia com autoridade espiritual, com veemência profética e com convicção cristã, em nome da igreja, falando a Deus ou aos seus adoradores no culto.)... O nosso amado Senhor, merece eternamente, ser glorificado; Temos o anseio de lhe oferecer o mais honroso culto. Serví-lo fielmente, com nossa vida, com nosso tempo e com nossos bens, é a nossa melhor dedicação. Em Eclesiastes 5:1, a Bíblia orienta que devemos entrar e estar no santuário para o culto a Deus da maneira mais reverente possível, para que possamos ouvi-Lo com muito mais tranqüilidade e paz. A ênfase temática deste culto é “A Alegria do Evangelho no Novo Salvo” quando relembraremos a felicidade que o Evangelho produz na vida de alguém que passa pelo verdadeiro arrependimeto em Jesus Cristo..... NOSSA ORAÇÃO... Nosso amado Senhor, tu mereces eternamente, ser glorificado. Sejas magnificado em nosso culto. Hoje e eternamente. Amém. (cântico diferente das estrofes do hino 275A durante momentos apropriados do culto)
.
.
.
Cantor Cristão (hinos A): 274 a 282. Hinário para o Culto Cristão (hinos B): 66, 293, 297, 329, 351, 407, 417, 446, 452, 491. Outros Hinos (hinos C): 242 a 247, 537, 563, 581
Leituras Coletivizadas (E): 64, 217. Declaração Congregacional (D): 161, 185
Nosso culto a Deus: 341D. Responso Congregacional: Manhã, 351D; Noite, 360D. Declaração Final: 413D. Bênção Final: 365D.
Adicionantes... Calendário da Igreja; Dias Comemorativos, 396D; Oração Congregacional, 394D