(31)Convite ao Pecador (no Culto a Deus)

O Convite ao pecador têm quatro momentos de realização... Um é quando vivemos o nosso cotidiano como alguém que tem estado no culto ao Senhor Deus; de um jeito alimentado espiritualmente, como de alguém que frequentemente tem se abastecido no culto coletivo de exaltação ao Senhor. Um segundo momento, é quando, depois de viver o culto no nosso dia-a-dia, consequentemente, vamos convidar pessoas a experimentarem a mesma coisa, o encontro frequente com outros para a glorificação do Senhor Todo Poderoso; não para que desfrutem de vantagens materiais ou existenciais, mas por reconhecimento de um Deus que todo o tempo tem nos abençoado e nos dado de sua misericórdia. Um terceiro momento é quando, no culto, vivemos intensamente cada momento da exaltação, com outros; fazemos isto por estarmos na presença do Senhor, e por estarmos testemunhando aos visitantes a respeito de nossa condição espiritual, como convite a que queiram viver o mesmo. Um outro momento é quando fazemos o convite para que não-salvos e afastados tomem uma decisão de mudança de vida. É o momento de levar cada um deles a reconhecer o que o Espírito Santo já tem dito a eles, convencendo do pecado da justiça e do juízo, e tomar a decisão de não ser negligente ao apelo do próprio Deus. Neste momento todos estamos envolvidos em oração, em atenção, e, se for o caso, dispostos a ajudar a pessoa a tomar esta sublime decisão.
.
.
.
.
Quanto mais consagrado for o salvo, melhor o Senhor opera sua Graça, fazendo-o agradável aos seus propósitos. (2Co.3:5, Sl.37:5, Tt.2:11-14, Hb.13:20-21) (leia 399D)
Ensino Teológico Básico: Somente a Fé no sacrifício vicário de Jesus Cristo é suficiente para a salvação imperdível de qualquer pecador – Salva: Ef.2:8-9, Jo.3:16, Gl.3:22-25, 2Tm.1:9, Tt.3:5; Regenera: Rm.5:1, 6:4,14, 8:1, 14, 29-30, 2Co.5:17, Gl.2:20, Ef.2:1-6, 10, 5:25-27, Fp.2:13, Cl.2:13-14, Tt.2:11-14, Hb.13:20-21, 1Jo.2:1-2, 20, 27, 3:6-9; Imperdível: Jo.6:37, 10:28, Rm.8:38-39,
Chamados... feitos a Jesus... Mt.15:25, 17:15, 20:30, Mc.10:47, Lc.17:12-13. Ao arrependimento: Jr.35:15, Ez.33:11, Os.6:1, Mt.22:3, Lc.14:17, 2Co.5:20, Ap.3:20. À Deus: Is.45:22, 55:1, Mt.22:9, Jo.7:37, Rm.10:12, 1Tm.2:4, Ap.22:17,
Exortações... Lc.13:18, At.2:40, 11:23, 14:22, 15:32, 2Co.9:5, 1Ts.5:14, 2Ts.3:12, 1Tm.2:1, Hb.13:22, 1Pd.5:1
A decisão... Dt.30:15, Js.24:15, Rt.1:15, 1Rs.18:21, Mt.27:17, Mc.10:21, Lc.16:13, Jo.6:67. Todo aquele que... Lc.18:8, Jo.4:14, At.10:43, 1Jo.5:1, Ap.22:17
Escolher o bem ou o mal... Ex.32:26, Dt.30:19, Js.24:15, 1Rs.18:21,
Rejeição... De Deus: 1Sm.8:7, Sl.81:11, Pv.1:24, Lc.7:30, 1Ts.4:8; De Cristo: Pelos gadarenos, Mt.8:34; Por Nazaré, Mc.6:3, Lc.4:28-29; Pelos líderes religiosos, Lc.23:18; Pela nação judaica, Jo.1:11, 12:48; outros... Mt.21:42, Lc.17:25, Jo.5:43, .
Chamada divina rejeitada... Sl.81:11, Pv.1:24, Is.65:12, 66:4, Jr.7:13, Os.9:17, Mt.22:3, Jo.5:40, Rm.10:21.
Impenitência... Lv.26:23, Pv.1:24, Ec.8:11, Jr.7:13, Am.4:6, Ag.2:17, Mt.11:20, . Exemplos... 2Rs.17:14, 2Cr.28:22, 33:23, Ne.9:29, Jr.6:15, Dn.9:13, Lc.16:31, Ap.9:21..
Surdeza espiritual, Is.6:10, Jr.6:10, Ez.12:2, Zc.7:11, Mt.13:15, At.28:26, 2Tm.4:4.
Teimosia, Sl.32:9, 78:8, Is.46:12, 48:4, Ml.2:2. Exemplos... Ex.32:9, Dt.21:20, 31:27, 1Sm.8:19, 2Cr.24:19, 30:8, Jr.32:33, 44:16, Zc.7:11, At.7:51, Dureza, Sl.95:8, Pv.28:14, 29:1, Rm.2:5, Hb.3:13, Exemplos: Ex.8:15, 2Cr.36:13, Ne.9:17, Sl.78:32, Jr.5:3, Dn.5:20, Zc.7:12, Mc.3:5, 8:17, 16:14..
.
.
.
REFLEXÕES SOBRE O TEMA:
.
.
.
JOGRAIS

Jogral: TERRA, TERRA, TERRA, OUVE A PALAVRA DO SENHOR


.
Questões... (1) Se o arrependimento e a conversão é uma atuação do Espírito de Deus (At.5:31, 11:18; 1Co.12:13), na vida de uma pessoa decidida, por que muitas das decisões tomadas num culto a Deus, diante de um apelo, não se concretizam em verdadeiros arrependimentos e conversões? (2)Lembremos algumas 5 coisas, além da cegueira, da teimosia e da rebeldia do pecado, que normalmente impedem as pessoas de se renderem a Jesus Cristo. (3)Lembremos 3 razões que Deus tem para nos mandar pregar o Evangelho do Reino em todo o mundo, para todas as pessoas de maneira urgente.
.
.
.
Introdução do Tema... Vários irmãos vão se levantando, e cada um lembra um fato na Bíblia sobre pessoas sendo chamadas a seguir Jesus.
Leitura Reflexiva Sl.81. Intróito Declarativo: 402D
Abertura do Culto... (Leia com autoridade espiritual, com veemência profética e com convicção cristã, em nome da igreja, falando a Deus ou aos seus adoradores no culto.)... O Senhor nosso Deus é digno de toda nossa exaltação. Não merecemos, mas Ele está entre nós com toda a sua majestade. Queremos lhe oferecer o nosso melhor culto. Temos muitos motivos para estar juntos para esta adoração com todos os nossos irmãos. Glorifica-lo com nossa presença, quando a igreja se reúne, é nossa prioridade de vida. Serví-lo com nossa vida, com nosso tempo e com nossos bens, é a nossa melhor dedicação. Saber que ele está aqui, e sentir a maneira como seu Espírito Santo opera em cada um de nós, é o verdadeiro sentido do que estamos a fazer. Em 1Coríntios 14:40, a Bíblia orienta que devemos oferecer um culto com muita ordem e muita decência ao Senhor, com o máximo de reverência que todos nós possamos oferecer. O tema neste culto é “Convite ao Pecador no culto a Deus” quando refletiremos sobre o convite permanente que a igreja deve ter, em todas as suas atividades, aos não salvos, para que deixem o mundo e venham para a nova vida com Jesus Cristo..... NOSSA ORAÇÃO... Senhor, nosso Deus, digno és de toda a nossa exaltação. Sejas glorificado em nosso culto. Hoje e para sempre. Amém. (cântico diferente das estrofes do hino 210A durante momentos apropriados do culto) Hino Coral: 89A
.
.
.
Cantor Cristão (hinos A): 210 a 248, 45, 88, 92, 122, 183, 184, 187, 188, 189, 190, 195, 198, 200, 201, 202, 203, 204, 206, 207, 208, 209, 249, 250, 251, 252, 253, 254, 255, 256, 257, 258, 259, 260, 272, 325, 334, 336, 361, 376, 401. Hinário para o Culto Cristão (hinos B): 248 a 265, 454, 466, 478. Outros Hinos (hinos C): 147 a 152, 499, 515, 532, 534, 544, 547, 582, 594
Leitura Bíblica HCC. (B): 249, 253, 258, 261, 263. Leituras Coletivizadas (E): 19, 71, 73. Declaração Congregacional (D): 7, 8, 70, 84 a 86
Nosso culto a Deus: 338D. Responso Congregacional: Manhã, 348D; Noite, 357D. Declaração Final: 412D. Bênção Final: 362D.
Adicionantes... Calendário da Igreja; Dias Comemorativos, 396D; Oração Congregacional, 394D