Livro de Cultos 375 a 379

375A     Cantor Cristão.   SEGURANÇA
1.Vivo feliz, pois sou de Jesus, e já desfruto a graça da luz!
Sou por Jesus herdeiro de Deus, Ele me leva à glória dos céus.

CORO. Canta, minha alma! Canta ao Senhor! Rende-lhe sempre ardente louvor!
Canta, minha alma! Canta ao Senhor! Rende-lhe sempre ardente louvor!

2.Ao seu amor eu me submeti, e extasiado então me senti!
Anjos descendo, trazem dos céus, ecos da excelsa graça de Deus.

3.Sempre vivendo em seu grande amor, me regozijo em meu Salvador;
esperançoso vivo na luz, pela bondade do meu Jesus!
Tema: Vida de Certeza e Segurança em Deus
Cantado com a melodia do CC. 375, 530
Este hino está recomposto no HCC: 417
Hino com métrica semelhante ao CC. 235, 375, 497,
Letra: Fanny Jane Crosby (1820 1915) (sua história está no hino 15A)
Conta-se que Fanny Crosby, orava muito e que não fazia nada, nem escrevia, sem primeiro ajoelhar-se e pedir a direção de Deus. Tinha ela uma amiga, filha de um famoso evangelista, que a visitava muito. Chamava-se Phoebe Palmer Knapp. As palavras do cântico "Bendita Segurança" foram escritas como resultado de uma visita que a Srª Knapp fez a Fanny Crosby. A Srª Knapp escreveu a melodia, levou-a a sua amiga e após executá-la perguntou: - "Fanny, o que esta melodia diz a você?"
Fanny pensou por alguns momentos e então respondeu: -"Que Segurança, sou de Jesus." Assim foram escritas as palavras e a música deste grande cântico de segurança, que é amado por milhares de cristãos em todo o mundo. A Srª Knapp foi bem conhecida como escritora de versos e música durante sua vida. Casou-se com o fundador da Cia. Metropolitana de Seguros de Vida e recebeu um salário anual de 50.00 dólares após a morte do marido. Grande parte de sua riqueza foi devotada à obra de caridade, antes de morrer em 1908, em Poland Spring, Maine. Fanny Crosby foi amiga íntima de Grover Claveland que trabalhava como secretário da Escola para Cegos de Nova York, enquanto lá esteve como professora. Foi membro vitalício da Igreja Metodista Episcopal e morreu em Bridgeport, Connecticut, a 12 de fevereiro de 1915. Este seu cântico é provavelmente o mais lembrado dos muitos que ele escreveu.

375B     HCC.   OUVE-NOS, PASTOR DIVINO
1.Ouve-nos, Pastor divino, nós que neste bom lugar, teu rebanho congregado, desejamos te adorar.
Cristo amado, Cristo amado, vem teu povo abençoar. Cristo amado, Cristo amado, vem teu povo abençoar.

2.Ao perdido no pecado, seu perigo faze ver; chama os pobres enganados, faze-os tua voz ouvir.
Aos enfermos, aos enfermos, ó Senhor, vem acudir. Aos enfermos, aos enfermos, ó Senhor, vem acudir.

3.Traze o pobre desgarrado, ao aprisco teu, Senhor; toma o terno cordeirinho, nos teus braços, bom Pastor.
Dá-lhe os pastos, dá-lhe os pastos, de celeste e doce amor. Dá-lhe os pastos, dá-lhe os pastos, de celeste e doce amor.

4.Ó Jesus, escuta a prece, nossa humilde petição; vem encher o teu rebanho, de sincera devoção.
Cantaremos, cantaremos, tua eterna compaixão. Cantaremos, cantaremos, tua eterna compaixão.
Tema: Vida de Oração e Súplicas
Tonalidade... Mi Bemol Maior
Este hino é rcomposição do CC.152
Pode ser cantado com a melodia do... CC. 375, 427

375C     OH.   MÃOS A SERVIÇO DO SENHOR
1.Estas mãos que Deus me deu Foram feitas pra servir, O vizinho ao lado meu
Que não sabe mais sorrir, Através de minhas mãos Eu pretendo lhe mostrar, O sorriso de Jesus

CORO.Mãos ocupadas para a causa em prol do amor, Mãos consagradas ao serviço do Senhor;
Mãos preocupadas em se unir às de Jesus; Mãos que não temem o encontro com a luz.

2.Há no céu, no mar, na flor, um detalhe de amor, Há também no entardecer 
a poesia do nascer, Na beleza natural, eu contemplo o digital, Desta mão que me criou

3.Minha mão co’a de Jesus vai se unir no ideal, De mostrar que a sua cruz
é um fato bem real. Através dessa união, eu pretendo a integração, Com Jesus e com você.
Tema: Vida de serviço e recompensa no Reino

375D     DC.   BÍBLIA, PALAVRA DE DEUS
1.Austregésilo de Athayde- escritor brasileiro "Manancial de consolo e conselho, refúgio para as horas de tormento e atribulação, guia de exemplos e ensinamentos, mestre silencioso e permanente em disponibilidade, a Bíblia. É o mais secreto confidente das penas e aflições, e ninguém sai de suas páginas sem receber apaziguadora resposta para as dúvidas, e bálsamo e estímulo nas ocasiões de angústia e desespero."
2.Coelho Neto – Polígrafo... “Homem de fé, o Livro de minha alma, aqui o tenho: é a Bíblia. Não o encerro na biblioteca, entre os de estudo, conservo-o sempre à minha cabeceira, à mão. É dele que tiro a água para a minha sede de verdade; é dele que tiro o bálsamo para as dores das minhas agonias. É vaso em que semeando a caridade, vejo sempre verde a Esperança
3.Emanuel Kant – filósofo alemão "A existência da Bíblia, como um livro para o povo, é o maior benefício que a humanidade já tem experimentado.".
4.Erasmo Braga – Teólogo “Considerando a Bíblia pelo seu aspecto literário, não se pode compreender bem como intelectuais poderão permanecer indiferentes à grande fonte em que se abeberem os que fizeram a nossa literatura eminentemente bíblica e deram a maciez veludínea o tom suave e carinho ao nosso meigo idioma. Ler grandes autores e não pesquisar o veio donde lhes saiu o ouro de lei.”
5.Jean J. Roseau – filósofo francês “Confesso que a majestade das Escrituras me abisma, e a santidade dos evangelhos fala ao meu coração. Vede os livros dos filósofos com toda a sua pompa, quanto são pequenos à vista deste! Pode-se crer que um livro tão sublime e, às vezes, tão simples, seja obra de homens?".
6.Johann W. von Goethe – poeta e dramaturgo alemão "Progrida o mundo o quanto quiser, desenvolvam-se ao máximo todos os ramos de pesquisas. Nada tomará o lugar da Bíblia.".
7.Martinho Lutero "Não há no mundo livro algum escrito com tanta clareza como a Escritura Sagrada; ela está para os demais livros como o sol para as demais luzes". "O melhor leitor é aquele que não põe nas Escrituras a sua opinião, porém tira a sua opinião das Escrituras". "O que o pasto é para o animal, o lar para o homem, o ninho para as aves, os penhascos para os répteis, a água para os peixes, a Escritura Sagrada é para a alma dos crentes".
8.Pedro Calmon – Reitor da Universidade do Brasil “Livro dos livros, a Bíblia é o fundamento de uma cultura, que se fez com a Palavra – no princípio era o Verbo – e a promessa – a divina promessa da Justiça, que pacifica os homens, que os incorpora na sociedade, que lhe abre as portas da sobrevivência. Alicerce de uma Civilização eminentemente moral, a Bíblia é o eterno documento do espírito, mensagem de comunhão, do Homem e Deus.”
9.Thomas H. Huxley – cientista inglês "A Bíblia tem sido a Carta Magna dos pobres e dos oprimidos:; até os tempos modernos, nenhum país tem tido uma constituição na qual os interesses dos povos sejam tão largamente considerados".
10.Tobias Barreto – escritor brasileiro "A Bíblia é um modelo de tudo quanto é belo e bom, e se outras razões não determinassem a sua leitura, bastaria o gosto, o simples instinto literário, para levar-nos a folhear essas páginas eternas, a colher, a admirar as palavras sublimes, as lavas petrificadas, que brotaram daquelas bocas abrasadas como crateras do céu.".
11. Louis PasteurCientista, Professor, Diretor Geral do  Instituto de Pesquisas Científicas da Universidade Nacional da França, escrevia em seu cartão de visitas que “um pouco de ciência nos afasta de Deus, muito, nos aproxima”, e uma vez, em 1892 dC., entregou a um jovem que zombava dele ler a Bíblia sem saber quem ele era, procurando  muitos argumentos científicos para dizer que só os ignorantes ainda confiavam naquele livro.

376A     Cantor Cristão.   SALVAÇÃO PERFEITA
1.Livres do mêdo temos ficado, Cristo morreu, levando o pecado.
Eis o resgate: o pacto se fêz; fomos remidos de uma vez!

CORO. De uma vez! Oh! sim, acredita! Ó pecador, tens sorte bendita!
Tudo Jesus, por nós, satisfez! Cristo salvou-nos de uma vez!

2.Ao malfeitor, que a pena merece, vida e perdão Jesus oferece;
clama por graça com avidez. Cristo te acolhe de uma vez!

3.Graça real! Não há mais castigo! Temos a paz sem medo e perigo!
Vestes reais, não triste nudez; Cristo enriquece de uma vez!

4."Filhos de Deus!" favor inaudito! Deus nos amou em grau infinito!
Nesta clemência não há dobrez; há segurança de uma vez!
Tema: Vida de Certeza e Segurança em Deus
Hino com métrica semelhante ao CC. 1, 110, 283, 376, 418, 

376B     HCC.   NA MÃO DO SENHOR HÁ PODER
(Leia com autoridade espiritual, com veemência profética e com convicção cristã, em nome da igreja, falando a Deus ou aos seus adoradores no culto.)
Ó minha alma, espera silenciosa somente em Deus, porque dele vem a minha esperança. Humilhai-vos (...) debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte. Na tua mão há força e poder; na tua mão está o engrandecer e o dar força a tudo.
Tema: Vida de Oração e Súplicas
Leitura bíblica: Sl 62.5; 1 Pe 5.6; 1 Cr 29.12

376C     OH.   VAMOS TRABALHAR ENQUANTO É DIA
1.Vamos trabalhar enquanto é dia, Pois a noite cedo vem
Vamos trabalhar sem desanimar, Pois há muito que fazer, Com disposição

2.Vamos trabalhar enquanto é dia, Pois a noite cedo vem
Vamos trabalhar sem desanimar, Pois há muito que fazer, Eis que o tempo é já.
Tema: Vida de serviço e recompensa no Reino
Hino Oficial das Mulheres Cristãs em Ação
Hino baseado em João 9:4

376D     DC.   MODISMO CULTUAL
Sempre com o objetivo de produzir “megas” igrejas, inchando-se de “adoradores”, já alcançou o mundo inteiro,
ferem a verdade que “a igreja salva, sempre foi e será pequena e não atraente às multidões – Mt.7:13-14

A Bíblia ensina que “Tudo é puro para os puros”, então o modismo seria bênção entre os salvos, Tt.1:15
Na verdade, o problema religioso verdadeiro, não são estas práticas e liturgias diferentes, atrativas...
nos montes, nos êxtases, nos jejuns, nos gritos, nas línguas estranhas, nos clamores, nos copos d”águas ungidos,
nos exorcismos, nas trocas feiticeiras, nas pseudo-revelações, nos emocionalismos, nas hipnoses cultuais, nos jargões,
nas frases de efeito, nas extorsões, nos amedrontamentos, nos objetos ungidos, no uso da Bíblia-amuleto,
nas manipulações coletivas, nos dons controvertidos, nos sons de volumes estridentes,
nas orações e clamores emocionais e tocantes, nos cânticos-moda com ritmos de efeitos profanos,
motivado por palmas, danças, nas imitações de boates, de músicas mundanas e de igrejas que crescem assim

A Bíblia também diz que “Tudo é lícito mas nem tudo edifica”, 1Co.6:12,10:23
O problema real é que todas estas coisas apontam heresias subliminares na vida de gente que se engana buscando para seu agrado pessoal, cultos que pratiquem tais coisas, para estas pessoas: (2Tm.4:3-4)
Indicam que o mundo sem Jesus, sabe o que é melhor para a adoração a Deus, e por isto imitam seus ritmos.
Indicam a insuficiência de Cristo se não estiver acompanhado destas coisas, e por isto saem em busca destas coisas.
Indicam que a igreja bíblica esteve errada na história, sob a direção do Espírito Santo, e agora encontraram o certo.
Indicam que o número dos salvos não é pouco como Jesus afirmou que era, e por isto buscam as multidões.
Indicam que para agradar a Deus, o culto agrada principalmente os adoradores, por isto o grande número é referencial.

Conclusivamente, o problema de todas estas coisas, aparentemente inofensivas, no culto ao Senhor, é...
promove uma qualidade enganosa de adoração baseada na satisfação humana, “a vontade de muitos é a de Deus”
atrai uma qualidade enganosa de adorador que confunde emoção com espiritual, que não convive com o bom senso.
Tenta esmagar a verdade, o que era errado torna-se “certo”, e o certo será o “errado”, pelo entender da multidão.

A Bíblia, também afirma que   “Salvos não permanecem no engano”, Mt.24:24,1Jo.2:27,3:9
Assim, a  1ª Igreja Batista do Brasil, em Salvador, BA, irradiou o evangelho durante muitos anos, exemplarmente.
foi bênção tantos anos, mas a heresia chegou, dominou, inchou de enganosos, superlotou de atraídos pelo erro.
expulsou o remanscente bíblico que persistia, e hoje é uma das mais heréticas igrejas do país.

377A     Cantor Cristão.   NÃO SEI PORQUE DE DEUS O AMOR
1.Não sei por que de Deus o amor, a mim se revelou, por que razão o Salvador, pra si me resgatou.

CORO. Mas eu sei em quem tenho crido, e estou bem certo que é poderoso, pra guardar o meu tesouro, até o dia final.

2.Ignoro como o Espírito, convence-nos do mal, revela Cristo, Verbo seu, Consolador real.

3.Não sei o que de mal ou bem, é destinado a mim; se maus ou áureos dias vêm, até da vida o fim.

4.E quando vem Jesus não sei, se breve ou tarde vem; mas sei que meu Senhor virá, na glória que Ele tem.
Tema: Vida de Certeza e Segurança em Deus
Este hino está recomposto no HCC: 447
Pode ser cantado com a melodia do... CC. 25, 48, 57, 206, 212, 223, 344, 377, 386, 400, 403, 528, 534, 539,

377B     HCC.   COM TUA MÃO SEGURA BEM A MINHA
1.Com tua mão segura bem a minha, pois eu tão frágil sou, ó Salvador,
que não me atrevo a dar jamais um passo, sem teu amparo, meu Jesus, Senhor.

2.Com tua mão segura bem a minha, e pelo mundo, alegre, seguirei.
Mesmo onde as sombras caem mais escuras, teu rosto vendo, nada temerei.

3.Quando eu chegar à beira desse rio, que tu, por mim, quiseste atravessar,
com tua mão segura bem a minha, e sobre a morte eu hei de triunfar.
Tema: Vida de Oração e Súplicas
Tonalidade... Sol Maior
Pode ser cantado com a melodia do... CC. 40, 257, 351, 377, 562, 597

377C     OH.   MARCHANDO COM OS HERÓIS
1.Eia companheiros, vamos já marchar, os heróis de outrora, vamos imitar;
nossa voz ergamos pelo Salvador, eles em triunfo, nós em Seu louvor.

CORO.Eia companheiros, vamos já marchar; os heróis de outrora vamos imitar...

2.Vivam os pioneiros, cuja devoção, a divina causa traz inspiração.
Vamos imitá-los, por Jesus lutar, e do vil pecado muitos libertar.

3.Vamos pois, cantando quem fez tanto bem, e nos transformando em heróis também;
por Jesus lutemos sem desanimar; c’os heróis marchemos, vamos avançar.
Tema: Vida de serviço e recompensa no Reino
Hino cantando também com a melodia do CC.67

377D     DC.   IGREJA COM PROPÓSITOS” ENTRE BATISTAS
Programa de crescimento iniciado numa igreja, não Batista, nos Estados Unidos, rejeitado pelas igrejas bíblicas,
Acredita e prega, que veio como solução de Deus para fazer as igrejas de nossos dias, se tornarem lotadas de gente
prega que até então as igrejas existentes atuam sem propósitos, sem visão ou razão, sem o domínio do Espírito Santo
afirma que tudo na igreja deve visar a grande quantidade de pessoas na membresia, como sinal da bênção de Deus.
para isto, até mesmo, devem moldar os cultos, músicas e práticas da igreja, ao gosto dos ímpios a serem atraídos

PARA ENCHER A IGREJA (de qualquer jeito) E MOSTRAR-SE MODERNOS, USAM...
Ritmos atraentes, danças empolgantes, marketing, rituais, práticas, argumentos e motivos festivos mundanos
Misticismos, paganismos, cabalismos, modernismose outras práticas não cristãs, com versículos isolados na Bíblia
práticas produzidas pelo emocionalismos pentecostais: “libertação”, “cura interior”, “prosperidade”, “coisas ungidas”, etc.
O motivo principal de tudo: impressionar os ímpios, cativar joios enganados, e tentar seduzir salvos de outras igrejas.
dizem que os contrários aos modernismo deles, são “tradicionais”, atrasados, arcaicos, ignorantes, radicais, etc.
buscam atrair membros de outras igrejas, não pela doutrina biblica, mas pela “modernidade” que querem demonstrar
precisam de congressos e eventos, com os bem sucedidos para se motivarem, melhor desenvolverem o projeto
produzem religiosos movidos artificialmente por rituais, movimentos, eventos e barulhos; sem isto eles desaparecem.

COM TUDO ISTO, DECLARAM ABERTAMENTE, SUBLINARMENTE, QUE...
a igreja de Cristo não é maior, por que este método foi descoberto agora, ignorando o sempre domínio do Espírito Santo
Jesus não é suficiente para atrair salvos, precisa da ajuda do método descoberto, (igreja só com Jesus fica vazia)
      Que ele não perdoa e salva completamente arrependidos, que precisam de rituais para completar esta obra
Bíblia e Espírito Santo precisam da ajuda dos livros do fundador americano, na pregação e no discipulado cotidiano
     Para pregações, liçõesEBD, estudos, ordem e tipos de cultos, tudo imitando a igreja americana, original
negam que o número dos salvos é pequeno, como diz Jesus e a Bíblia, e que as igrejas devem ser lotadas de gente
que as mudanças do Espírito Santo, que eles trazem, produz desunião, confusão, desconforto aos “tradicionais”

COM TUDO ISTO, PRODUZEM OS SEGUINTES RESULTADOS...
desqualificam toda identidade denominacional, deixam de agir como Batistas, imitando igrejas hereges
promovem desunião entre irmãos e igrejas, inclusive entre eles e elas mesmas que praticam o método de crescimento
conduzem tudo pelo desrespeito a todos que defendem as práticas de sempre, chamando-os de tradicionais
pelo “crescimento rápido”, enganam, com tudo isto, por algum tempo, o trigo; e o joio permanentemente

TEXTOS BÍBLICOS ADEQUADOS AO FENÔMENO:
2Tm.4:3-4 – o joio, parecendo trigo, rebela o que é bíblico e sai em busca de novidades agradáveis a si
1Jo.2:19 – os que saem de nós, em busca destas novidades, é por que não eram de nós, senão teriam ficado
1Co.14:33 – a obra de Deus é sempre sem confusão, divisão e afrontadora, ela é harmônica, tranqüila e pacífica.
1Co.14:40, Ef.4:31 – a obra e o culto agradável a Deus é com muita ordem, sem barulhos e algazarras mundanas.
1Co.10:23 – tudo é lícito ao salvo, mas agir só com o que edificaa si, e à igreja, é bom senso do verdadeiro cristão
Rm.14:19 – a obra de Deus não causa escândalos dentro ou fora da igreja, não causa tropeços, imitando o mundo
Rm.12:2 – a igreja, pelo Espírito Santo, não se ajusta ao mundo para atraí-lo, mas oferece mudanças, e os salvos ficam
MT.24:24 – tentarão, como outras heresias já tentaram, mas não conseguirão enganar sempre os escolhidos
1Jo.2:15 – usar práticas mundanas na adoração demonstra ausência da direção do Espírito Santo de Deus

378A     Cantor Cristão.   JÁ ESTOU CERTO
1.Já certo estou; sim, certo estou, que Cristo tem amor por mim. Já certo estou; sim, certo estou, que Cristo salva a mim.

2.Já certo estou; sim, certo estou: Jesus morreu, morreu por mim. Já certo estou; sim, certo estou: Jesus morreu por mim.

3.Já salvo estou por meu Jesus, pois padeceu na cruz por mim. Já salvo estou por meu Jesus, pois padeceu por mim.
Tema: Vida de Certeza e Segurança em Deus

378B     HCC.   BENDITA A HORA DE ORAÇÃO
1.Bendita a hora de oração, pois traz-nos paz ao coração, e alívio dá em meio à dor, trazendo auxílio do Senhor.
Em tempos de perturbação, na dor maior, na tentação, procurarei com mais fervor, a comunhão com o Senhor.

2.Bendita a hora de oração, produto só da devoção, que eleva ao céu o seu odor, em doce cheiro ao meu Senhor.
E, finda a hora de aflição, os dias maus, a tentação, então darei melhor louvor, a meu Jesus, a meu Senhor.

3.Bendita a hora de oração, de plena paz e comunhão, que traz-me fé e mais amor, e enche a vida de dulçor.
Desejo a vida aqui findar, com fé, amor, constante orar, e lá no céu de resplendor, eu cantarei a Deus louvor.
Tema: Vida de Oração e Súplicas
Tonalidade... Dó Maior
Este hino é rcomposição do CC.148
Hino com métrica semelhante ao CC. 35, 270, 378, 468,
Hino com métrica semelhante ao HCC. 224, 326, 378, 171, 238, 286, 500, 301, 114,

378C     OH.   QUERO TRABALHAR NA SEARA
1.Eu quero trabalhar pra meu Senhor, Levando a mensagem de amor
Quero eu cantar e orar, e sempre ocupado estar, Na seara do Senhor.

CORO.Trabalhar e orar, na seara, na seara, do Senhor;
Meu desejo é orar e sempre ocupado estar, Na seara do Senhor.

2.Anelo cada dia trabalhar, Escravos do pecado libertar
Conduzi-los a Jesus, nosso guia e nossa luz Na seara do Senhor.
Tema: Vida de evangelismo pessoal

378D     DC.   SÓ DEUS MOTIVA VERDADEIRAMENTE O SALVO
(1)só Ele guia o seus salvos pela vida de testemunho cristão. Sl.23:3, Ef.2:10, Rm.8:14, 2Pd.1:3, Hb.13:20s
(2)só Ele conduz seus salvos à vida de serviço atuante no Reino. Fp.2:13, 1Co.12:6, 2Co.3:5, Jo.15:5

HÁ MOMENTOS QUE O SALVO ESTÁ MENOS USÁVEL AO REINO DE DEUS
(1)pela sua imaturidade cristã que o deixa ainda muito preso a si, ao velho homem, e ao mundo e suas atrações
(2)ele perde grandes oportunidades de ser útil ao Senhor e ao Seu Reino, em pequenas e grandes coisas e obras.
(3)mas Deus não pára seus planos, avança usando, de algum jeito, substitutos, até mesmo não salvos, como com Ciro.

HÁ 3 TIPOS DE MOTIVAÇÕES USADAS NORMALMENTE, RELIGIOSAMENTE 
 (1)BARGANHOSAS, do paganismo... medo, recompensas, poderes, privilégios
       Buscam ser muito atuantes e obedientes para, também merecerem bem o que querem ganhar em troca.
       a motivação é não perder algo ou ganhar algo a partir do sacrifício que fará imaginando que é para o Senhor Deus
       bem praticadas com sucesso por pessoas não-salvas, sem o Espírito Santo, que têm Deus como um negociador.
(2)EMOTIVAS, princípios cristianizados, por pseudo-espiritualidade, emoção, fanatismo, levado pelo que o grupo faz
       Buscam atender o que a emoção lhes está orientando que façam, pagando qualquer preço que for necessário.
       a motivação é o buscar ser ou demonstrar que é mais espiritual que os demais, ou como os aceitos como espirituais
       bem praticadas por pessoas que pensam ser salvas, doutrinadas erradamente, levados a extremos do bom senso
(3)COERENTES, verdadeiramente cristãos, por fazer mais, servir mais, por obediência, gratidão, reconhecimentos, etc.
       a motivação é o fazer mais, ser mais atuante na Obra, na Vontade de Deus, de maneira racional, Rm.12:1
       é mais contagiante entre os salvos já motivados-atuantes pelo Espírito Santo; são motivados pelo próprio Deus

379A     Cantor Cristão.   LAÇOS BENDITOS
1.Benditos laços são, os do fraterno amor, que nesta santa comunhão, nos unem ao Senhor.

2.Ao mesmo trono vão, as nossas petições, é mútua a paz, ou a aflição, dos nossos corações.

3.Aqui tudo é comum, o rir e o prantear; em Cristo somos todos um, na vida e no lidar.

4.Se desta santa união, nos vamos separar, no céu eterna comunhão, havemos de ganhar.
Tema: Comunhão fraternal na Igreja
Este hino está recomposto no HCC: 563
Pode ser cantado com a melodia do... CC. 179, 379, 415, 573
Letra: John Fawcett(1740-1817),  Música: Hans Georg Naegeli(1768-1836),  Arranjo: Lowell Mason
O Dr. John Fawcett era o pastor de uma pequena igreja em Wainsgate, e foi chamado para uma igreja maior em Londres, em 1772. Ele aceitou o chamado, e pregou o seu sermão de despedida. As carroças estavam carregadas com os seus livros e mobília, e tudo estava preparado para a sua partida, quando os seus paroquianos rodearam-no e com lágrimas em seus olhos pediram-lhe que ficasse. Sua esposa disse: “Oh, John, John, eu não posso agüentar isso”. – “Nem eu”, exclamou o bom ministro, “nós não iremos. Descarreguem as carroças e ponham todas as coisas nos lugares em que estavam antes." Sua decisão foi saudada com grande alegria por seu povo, e ele escreveu as palavras deste cântico em comemoração ao acontecimento. Este cântico, e “Deus vos Guarde”, são os mais usados em despedidas em todo o mundo.
Ira David Sankey, conhecido hinista americano, diz em seu livro My Life and the Story of the Gospel Hymns (Minha Vida e a História dos Hinos Evangélicos):
"O Sr. Moody costumava contar de um professor de Escola Dominical, a quem ele havia dado uma classe de moças, que veio certa vez à sua loja, muito triste, dizendo que sofria de uma hemorragia nos pulmões, e seu médico lhe havia dito que precisava sair de Chicago. Ele estava triste porque sentia que não havia feito um esforço verdadeiro para salvar sua classe. Por sugestão do Sr. Moody, eles foram imediatamente visitar cada um dos membros da classe, usando para isto uma charrete, e o jovem muito fraco, dizia a cada um o que podia. Na reunião de despedida, onde todos estavam reunidos, eles tentaram cantar "Benditos Laços", mas estavam muito emocionados e suas vozes falharam. Cada membro da classe entregou seu coração a Deus."

379B     HCC.   DIRIJO A TI, JESUS, MINHA ORAÇÃO"
1.Dirijo a ti, Jesus, minha oração, pois tu conheces bem meu coração.
Eu venho te adorar, mais graça suplicar. Oh, vem me abençoar, vem, santo Deus!

2.Dirijo a ti, Jesus, minha oração; do mal que pratiquei, a confissão.
Sê tu, ó meu Senhor, propício ao pecador; concede, em teu amor, pleno perdão.

3.Dirijo a ti, Jesus, minha oração, a ti que amparo és em aflição.
Oh, vem me consolar, oh, vem me confortar, em mim vem habitar, ó Redentor!

4.Escuta, meu Jesus, esta oração, que humilde faço a ti com gratidão.
Tu és meu Mediador, meu Rei e Salvador. Que eu possa em teu amor sempre viver. Amém!
Tema: Vida de Oração e Súplicas
Tonalidade... Si Bemol Maior
Este hino é rcomposição do CC.159
Hino com métrica semelhante ao HCC. 182, 244, 399, 379, 371, 549, 280,

379C     OH.   PARTICIPAÇÃO NA OBRA
CORO.Participe, Participe, Participe da Obra do Senhor, Participe, Participe, Participe da Obra do Senhor

1.O campo é vasto, a obra é santa, São milhões sem Jesus, sem salvação, Ele bate, Ele bate,
Ele bate ao coração e diz: “Eu preciso de participação”, “Eu preciso de participação”

2.O tempo é curto, as horas passam, Tudo pode servir para pregar, Meus amigos, meus colegas,
meus parentes e todos quantos mais, Deus precisa de participação, Deus precisa de participação
Tema: Vida de evangelismo pessoal

379D     DC.   PEJORATIVOS QUE AS IGREJAS BÍBLICAS RECEBERAM
(na verdade é o afunilamento histórico-espontâneo das igrejas verdadeiramente na sã doutrina)
(1)”Cristão”, por serem seguidores do Cristo, o fundador da nova religião na Judéia
(2)”Anabatistas”, por serem intransigentes no rebatismo dos que vinham da Igreja dominadora
(3)”Protestantes”, por serem seguidores das doutrinas difundidas pelos reformadores
(4)”Evangélicos”, por rejeitarem o ensino que o batismo integra pessoas à igreja Salvadora
(5)”Crentes”, por rejeitarem a intermediação dos “santos” e da “virgem Maria”
(6)”Tradicionais”, por não se submeterem aos movimentos e crendices pentecostais
(7)”Antiquados”, por não se submeterem aos movimentos e crendices gospels