(66)A Vida Eterna com o Senhor

A vida cristã, pela iniciativa da graça de Deus (Tt.2:11-12), no processo de santificação em que estamos (Rm.8:29), nos leva a viver a vida eterna (2Co.3:5). Vida eterna é o contrário de morte, morte eterna, condenação, inferno (Rm.8:6). A vida eterna começa agora (1Jo.2:1) logo depois da conversão (Jo.3:3). Esta é a glorificação dos filhos de Deus (1Jo.3:1). O tempo entre a conversão e a morte física, é uma vida eterna relativa (Jo.3:16), com muita limitação (Jo.16:33), em muita coisa longe de parecer com aquela que nos espera no céu (Rm.8:18). A vida eterna, depois da morte física é o céu (2Co.5:8). Paulo cria, no início do seu ministério, que os mortos salvos ficariam no sepulcro aguardando a volta de Jesus (1Ts.4:16-17), enquanto no final do seu ministério, que ao morrer, o salvo iria logo para a eternidade estar com o Senhor (Fp.1:23). Céu é estar com Jesus (Jo.14:3), e foi isto que ele disse ao ladrão na cruz (Lc.23:43). Vida eterna é só para os que passaram pelo arrependimento (Jo.3:3)  e que por isto receberam a fé, dom de Deus (Ef.2:8), o perdão, por Jesus na cruz (Cl.2:13), o Espírito Santo (1Co.6:19), a nova natureza (2Co.5:17) e tudo mais necessário para a preparação individual para esta eternidade na presença do Senhor (2Pd.1:3). O inferno é o contrário de tudo isto, a Bíblia coloca como sendo, ilustradamente, fogo eterno (Mt.25:41), como sendo o banimento da presença de Deus (2Ts.1:9), e como sendo tormento eterno (Lc.16:23). 
.
.
.
.
Quanto mais consagrado for o salvo, melhor o Senhor opera sua Graça, fazendo-o agradável aos seus propósitos. (2Co.3:5, Sl.37:5, Tt.2:11-14, Hb.13:20-21) (leia 399D)
Ensino Teológico Básico: Somente a Fé no sacrifício vicário de Jesus Cristo é suficiente para a salvação imperdível de qualquer pecador – Salva: Ef.2:8-9, Jo.3:16, Gl.3:22-25, 2Tm.1:9, Tt.3:5; Regenera: Rm.5:1, 6:4,14, 8:1, 14, 29-30, 2Co.5:17, Gl.2:20, Ef.2:1-6, 10, 5:25-27, Fp.2:13, Cl.2:13-14, Tt.2:11-14, Hb.13:20-21, 1Jo.2:1-2, 20, 27, 3:6-9; Imperdível: Jo.6:37, 10:28, Rm.8:38-39,
Ap.21, 22, Jo.14
Vida eterna... Dn.12:2, Mt.25:46, Jo.6:27, 10:28, Rm.2:7, 6:22, 1Tm.6:19, Tt.1:2, 1Jo.2:25, Jd.21. Lar celestial... Lc.16:9, Jo.14:2. Lugar seguro para os tesouros, Mt.6:20; Nomes dos salvos estão láLc.10:20; Moradas para os salvos, Jo.14:2; Cristo glorificado lá, At.7:55-56; Construída por Deus, 2Co.5:1, Hb.11:10; Remidos de todas as nações, Ap.7:9; Obediência é condição de entrar, Ap.22:14; Outros, Cl.1:5, Ap.21:1.
.
.
.
Questões... (1)Lembremos 5 sentidos que podemos ver, ao se afirmar que a vida eterna começa aqui no mundo, a partir da conversão. (2)Lembremos 5 situações diferentes que achamos que caracterizarão o céu eterno, depois deste mundo. (3)Lembremos 5 consequencias provinientes do fato de estarmos com Jesus, para que nossa vida seja um céu na terra.
.
TEXTOS E REFLEXÕES SOBRE O TEMA
Tarefas para PréAdolescentes no culto
.
.
Introdução do Tema... Vários irmãos se levantam e cada um menciona um versículo bíblico sobre Salvação.
Leitura Reflexiva Sl.16. Intróito Declarativo: 407D
Abertura do Culto... (Leia com autoridade espiritual, com veemência profética e com convicção cristã, em nome da igreja, falando a Deus ou aos seus adoradores no culto.)... Merecedor é o nosso Senhor Deus, de toda honra que possamos oferecer. Somos pecadores, indignos de estar perante ele, mas por sua misericórdia, está entre nós. Queremos lhe oferecer o nosso melhor culto. Demasiados são os nossos motivos para estarmos aqui, para esta adoração em nossa igreja. O nosso culto é ordeiro, com muita descência e ordem, atento a tudo que o Senhor tenha a nos falar em cada momento da adoração. O tema neste culto é “A Vida Eterna com o Senhor” quando vamos meditar sobre o que vem a ser, de verdade, a vida eterna, o céu, a eternidade com o Senhor Deus, e o que isto significa para nossas vidas..... NOSSA ORAÇÃO... Merecedor és, nosso Senhor Deus, de toda honra que possamos oferecer. Sejas homenageado em nosso culto. Para sempre. Amém. (cântico diferente das estrofes do hino 498A durante momentos apropriados do culto)
.
.
.
Cantor Cristão (hinos A): 105, 133, 207, 231, 240, 286, 331, 343, 369, 391, 479, 483 a 486, 488 a 521. Hinário para o Culto Cristão (hinos B): 575 a 583. Outros Hinos (hinos C): 396 a 399
Leitura Bíblica HCC. (B): 576, 578, 582. Leituras Coletivizadas (E): 2, 77, 245. Declaração Congregacional (D): 28
Nosso culto a Deus: 343D. Responso Congregacional: Manhã, 353D; Noite, 357D. Declaração Final: 417D. Bênção Final: 367D.
Adicionantes... Calendário da Igreja; Dias Comemorativos, 396D; Oração Congregacional, 394D