(71)O Santo Ministério da Palavra

A Igreja entende e aceita que dentre os salvos, o Senhor chama, de um jeito ou outro, alguns para um serviço especial em sua obra (At.13:2). São os ungidos (Ef.4:11-12). Pessoas que são convocadas por Deus para o santo ministério da pregação da Palavra (2Co.3:6), como líderes especiais na vida do Corpo de Cristo (At.20:24). Primariamente, são os Pastores (At.20:28). Secundariamente, são os Ministros de Música, Ministros de Educação Religiosa e outros que de uma forma mais específica assumem setores importantes na vida da Igreja de Cristo (1Pd.5:2). Tercerariamente são aqueles que não precisam de um preparo tão especiai como os dois primeiros grupos, mas também se fazem necessários na administração da Igreja (At.6:1-3). Na época dos apóstolos, eles se colocaram no primeiro grupo (At.6:4) e chamou de Diáconos os que foram escolhidos para este ministério tercerário (At.6:5-7). Na administração do judaísmo, o ministério secundário era exercido pelos Levitas (Nm.1:50-53), e assim sustentados para viverem tempo integral naqueles serviços que recebiam (Nm.3:48). Mas o ministério primário é fundamental para a igreja de Cristo (Jr.23:4), é através dele, mesmo considerando suas limitações e defeitos, que o Senhor Deus, também, dirige a Igreja (Hb.13:17). Muitas vezes, por não serem salvos, e algumas vezes por serem imaturos, mesmo que salvos, igrejas têm sido prejudicadas pela atuação de pastores, mas isto não tira o controle geral que o Senhor tem sobre toda a igreja, em todos os tempos. Pastor é um grande privilégio, é o maior privilégio entre os humanos, é uma responsabilidade inigualável a qualquer outro ser humano (1Tm.3:1). Os anos de um pastorado devem ser celebrados com muita festa espiritual, como forma de agradecer a Deus aquele pastorado, bem como para reconhecer o valor que tem sido agregado no passar do tempo, à vida da igreja e à vida ministerial do ungido do Senhor.
.
.
.
.
Quanto mais consagrado for o salvo, melhor o Senhor opera sua Graça, fazendo-o agradável aos seus propósitos. (2Co.3:5, Sl.37:5, Tt.2:11-14, Hb.13:20-21) (leia 399D)
Ensino Teológico Básico: Somente a Bíblia é a Palavra de Deus, depois da vinda de Jesus que era a última, completa e perfeita revelação de Deus aos homens – Declaração bíblica: Hb.1:1-2; Ensino de Jesus: Jo.5:39, Lc.16:27-31; Exemplo dos Bereanos: At.17:11; Não aceita interpretações particulares: 2Pd.1:20-21
Homens de Deus... Profetas e outros, Dt.33:1, Jz.13:6, 1Sm.2:27, 1Rs.12:22, 17:18, 20:28, 2Rs.1:9, 4:7, 5:14, 6:10, 7:2, 2Cr.8:14, Jr.35:4, 1tm.6:11, 2tm.3:17. Libertadores de Israel, Jz.2:16, 3:9, 9:17, 13:5, m1Sm.9:16, Nm.9:27. Escolhidos para propósitos de Deus, Ag.2:23, Jo.15:16, At.9:15, 1Co.1:27-29. Enviados como mensageiros, Nm.16:28, Is.48:16, Jr.25:4, Zc.2:8, 4:9, Mt.22:3, Lc.1:19, Jo.1:6.
Chamada divina à liderança... Abraão, Gn.12:1; Moisés, Ex.3:10; Gideão, Jz.6:14; Eliseu, 1Rs.19:19; Isaías, Is.6:8; Paulo, At.26:16; Outros, Ex.28:1, 31:2, Jr.1:4, Jo.1:2, At.13:2, 16:10. Obreiros espirituais... Oração pelo aumento do seu número, Mt.9:37-38; grande oportunidade dada a eles, Jo.4:35-36; Dignos de salário, 1Tm.5:17-18; OutrosMt.20:8, 1Co.3:9.
Apóstolos... Lc.17:5, 22:14, At.13:26, 1Co.4:9, 9:1, 2Co.11:5, Ef.2:20, 4:11, Ap.21:14. Nomes, Mt.10:2, Mc.3:16, Lc.6:14, At.1:13. Chamados para trabalhos especiais, Mc.1:17, 20, 2:14, Lc.6:13, Jo.1:43, At.22:21.
Profetas... Nm.12:6, 1Sm.10:11, 1Rs.18:4, 2Cr.20:20, 36:16, Sl.74:9, 105:15, Am.3:7, Mt.13:57, 23:37. Muitas vezes videntes... 1Sm.9:9; 2Sm.15:27, 24:11, 1Cr.25:5, 29:29, 2Cr.16:7, 19:2, 35:15. Nomes... Arão, Ex.7:1; Abraão, Gn.20:7; Ágabo, At.21:10; Aías, 1Rs.11:29; Amós. Am.1:1; Balaão, Nm.22:5; Daniel, Mt.24:15; Davi, Mc.12:36; Eldade, Nm.11:26; Elias, 1Rs.18:36; Eliseu, 1Rs.19:16; Ezequiel, Ez.1:3; Gade, 1Sm.22:5; Habacuque, Hc.1:1; Ageu, Ed.5:1; Ananias, Jr. 28:17; Oséias, Os.1:1; Ido, 2Cr.13:22; Isaías, 2Rs.19:2; Jeú, 1Rs.16:7; Jeremias, Jr.1:5; Joel, Jl.1:1; João Batista, Lc.7:26; Josué, 1Rs.16:34; Jonas, 2Rs.14:25; Malaquias, Ml.1:1; Medade, Nm.11:26; Miquéias, Jr.26:18; Micaías, 1Rs.22:8; Moisés, Dt.34:10; Naum, Na.1:1; Natã, 2Sm.7:2; Obadias, Ob.1; Obede, 2Cr.28:9; Samuel, 1Sm.3:20; Semaías, 2Cr.12:5; Zacarias, Zc.1:1; Zacarias, Lc.1:67; Sofonias, Sf.1:1.
Ministros... Is.56:10-12, Jr.23:1-40, Ez.3:17-21, At.20:17-35, 1Co.2:1-16, 9:19-23, 2Co.6:1-10, 1Tm.3:1-16, 6:11-21, 2Tm.2:1-20, 4:1-8. Nomeados por Deus, 2Co.3:6, 4:1, 5:18, Ef.3:7, Cl.1:23, 1Tm.1:12, 2Tm.1:11. Como devem atuar, Mt.10:16, 20:26, Lc.22:26, At.20:24, 1Co.3:5, 2Co.6:4, 1Tm.6:11, 2tm.2:24, 4:5, 1Pd.2:5. Características, Mt.10:16, 20:26, 2Co.4:2, 6:4, 1Ts.2:4, 5:14, 2Ts.3:9, 1Tm.3:2, 4:12, 2Tm.2:1, 3:17, Tt.1:7, 2:7. Deveres da igreja com eles, tm.10:10, Rm.10:15, 15:30, 1Co.16:16, Gl.4:14, Fp.2:29, 1Ts.5:12-13, 1Tm.5:17, Hb.13:7. Seu sustento, Mt.10:10, 1Co.9:14, Gl.6:6, Fp.4:14, 1Tm.5:18.
Trabalhos dos Ministros... Ez.3, 33:6, 2Co.2:16, Hb.13:17, Tg.3:1. Pregação ordenada, Mt.10:7, 27, Mc.16:15, Lc.9:2, 60, At.5:20, 2tm.4:2. Pregar Cristo, At.4:2, 8:5, 35, 9:20, 10:36, 17:3, 1Co.1:23, 2Co.4:5. Exemplos, Mt.3:1, 9:35, Mc.16:20, Lc.9:6, At.28:31, Ef.2:17, 1Pd.3:19, 4:6, Ap.14:6. Pastores alimentando rebanho, Jr.3:15, 23:4, Ez.34:23, Jo.21:17, At.20:28, 1Pd.5:5. Como vigias espirituais, Is.62:6, Jr.6:17, Ez.3:17, Hb.13:17. Como Mestres da Palavra, Mt.28:20, 1Tm.3:2, 4:11, 6:2, 2tm.2:25.
Instruções importantes... Moisés a Josué, Nm.27:23, Dt.31:23; Davi a Salomão, 1Rs.2:1; Josafá aos líderes de Judá, 2Cr.19:9; Cristo aos discípulos, Mt.10:5; Paulo aos anciãos de Éfeso, At.20:28; Paulo a Timóteo, 1Tm.5:21, 6:13, 2tm.4:1.
Escolas de Profetas... 2Rs.2:5, 4:38, 6:1, 2Cr.17:9, Dn.1:4.
Ministros Infiéis... Is.56:10, Jr.6:13, 23:11, Lm.2:14, Ez.33:6, Mq.3:11, Fp.1:15. Insaciáveis e amantes do prazer, Is.56:10-12; Dispersam o rebanho, Hr.23:2; Desviam as ovelhas, Jr.50:6; Devoram o rebanho, Ez.34:2-3; mercenários, abandonam o rebanho, Jo.10:12; Outros, Sc.11:17. Falsos Profetas, Dt.13:5, 18:22, Is.9:15, Jr.2:8, 5:31, 14:14, 23:16, Ez.13:2, 22:28, Os.9:7, Mq.3:5, Sf.3:4, Zc.13:3, Mt.7:15, 24:11, Mc.13:22. Falsos Mestres, Mt.5:19, 15:9, 1Tm.1:7, 4:2, 6:3, 2tm.4:3, tt.1:11, 2Pd.2:1. Sacerdotes Corruptos, Jr.5:31, Ez.22:26, Os.5:1, 6:9, Mq.3:11, Sf.3:4, Mt.27:20, 41, Mc.15:11, Jo.19:6.
.
.
JOGRAIS:

Jogral: EIS QUE MANDAREI MUITOS PESCADORES, DIZ O SENHOR!

.
TEXTOS:
Quando Deus faz um Pastor
Programa Celebrando o Dia do Pastor
Programa para o Dia do Pastor
Dia do Pastor - programa
Presentes para o Pastor - dramatização
.
Questões... (1)Lembremos, pelo que podemos imaginar, 5 critérios que Deus usa para chamar uma pessoa para o santo ministério. (2)Lembremos 5 itens que podem ajudar muito um chamado por Deus ao santo ministério, a ter uma atuação abençoada e vitoriosa no Reino do Senhor. (3)Saul foi ungido, por um tempo, rei de Israel, e depois foi destituído por Deus, de sua unção; lembremos 5 situações em que, podemos pensar, Deus retira sua unção de alguém que ele escolheu para o santo ministério.
.
.
.
Introdução do Tema... Vários irmãos vão se levantando, e cada um faz uma oração-frase nos oferecendo para sua chamada ao santo ministério, e, ou, para ajudar os chamados de Deus a fazerem mais e melhor os seus ministérios.
.
.
.
Leitura Reflexiva Is.6:1-13. Intróito Declarativo: 402D
Abertura do Culto... (Leia com autoridade espiritual, com veemência profética e com convicção cristã, em nome da igreja, falando a Deus ou aos seus adoradores no culto.)... O Senhor nosso Deus é digno de toda nossa exaltação. Não merecemos, mas Ele está entre nós com toda a sua majestade. Queremos lhe oferecer o nosso melhor culto. Temos muitos motivos para estar juntos para esta adoração com todos os nossos irmãos. Glorifica-lo com nossa presença, quando a igreja se reúne, é nossa prioridade de vida. Serví-lo com nossa vida, com nosso tempo e com nossos bens, é a nossa melhor dedicação. Saber que ele está aqui, e sentir a maneira como seu Espírito Santo opera em cada um de nós, é o verdadeiro sentido do que estamos a fazer. Em 1Coríntios 14:40, a Bíblia orienta que devemos oferecer um culto com muita ordem e muita decência ao Senhor, com o máximo de reverência que todos nós possamos oferecer. O tema neste culto é “O Santo Ministério da Palavra” quando refletiremos sobre os vários aspectos providenciados e abençoados por Deus para que muitos sejam chamados para uma obra especial na proclamação de sua vontade..... NOSSA ORAÇÃO... Senhor, nosso Deus, digno és de toda a nossa exaltação. Sejas glorificado em nosso culto. Hoje e para sempre. Amém. (cântico diferente das estrofes do hino 569A durante momentos apropriados do culto)
.
.
.
Cantor Cristão (hinos A): 569 a 570, 579. Hinário para o Culto Cristão (hinos B): 557 a 561. Outros Hinos (hinos C): 417 a 419, 472
Leitura Bíblica HCC. (B): 559, 561. Leituras Coletivizadas (E): 114, 262. Declaração Congregacional (D): 20, 23, 53
Nosso culto a Deus: 338D. Responso Congregacional: Manhã, 348D; Noite, 357D. Declaração Final: 416D. Bênção Final: 362D.
Adicionantes... Calendário da Igreja; Dias Comemorativos, 396D; Oração Congregacional, 394D