(23)Humilhação e Exaltação de Jesus

OUTROS TÍTULOS:
A morte fez daquele, o momento mais importante para Deus
O sofrimento de Cristo trouxe alegria para Deus e Seus salvos
Humanamente, foi a coroação eterna do Filho de Deus
O nome sobre todo o nome, em toda eternidade
Agradou a Deus, e os salvos, mas principalmente a Si Mesmo
... e outros títulos que o pregador achar por bem.




Deus-Filho (Mt.2:15) veio ao mundo por amor de toda humanidade (Rm.5:8) e para salvar, dela, o maior número possível de pessoas (Lc.3:6). A Bíblia procura mostrar que este gesto se constituiu na maior humilhação (Is.53:3) a que ele se submeteu para cumprir seu papel na execução da graça Salvadora (Is.53:4-5). Jesus foi 100% homem (Jo.11:35) e 100% Deus (JO.14:9); isto quer dizer que ele viveu intensamente o ser humano, e isto, com certeza, lhe custou muito caro (1Tm.2:5); isto se evidencia no Getsêmani quando chorou intensamente pedindo que aquele cálice fosse passado dele, mas que fosse feita a vontade imperiosa do Deus-Trino (Mt.26:39). Na humilhação, Ele sabe pessoalmente sobre nossas limitações humanas, sabe até onde podemos suportar e sermos fiéis ao que quer de todos nós (Hb.2:17-18). A exaltação do Senhor se caracteriza pelo fato de sua realização, como Deus-Trino, Amor, Justiça, Santo, quando cumpriu bem seu papel Salvador, a pesar de todo preço pago (Fp.2:9-10). Reconhecer tudo isto, já é uma exaltação a ele, como Deus-Trino que se manifestou com intenso amor por nós (Jo.1:14), e ao mesmo tempo, é uma forma de entendermos a magnitude do amor do Senhor e do sacrifício que ele assumiu para nos ver salvos por sua graça (Jo.14:7). Na exaltação, nos conhecendo como humanos, Ele pode nos ajudar em tudo, para que sejamos tudo que ele quer para nós no relacionamento com Deus e com o pecado (Ef.5:25-27).
.
.
CADA ÊNFASE É UMA LIÇÃO EM PARTICULAR
(1)Insistir com a humanidade que não queria foi uma humilhação
(2)Querer e pagar o preço pela humanidade foi outra humilhação
(3)Saber da humilhação e continuar no plano foi outra humilhação
(4)Uma alma salva era a completa exaltação do Senhor
(5)Cumprir o plano salvador, obedecer Deus, foi sua maior exaltação
.
.
.
Quanto mais consagrado for o salvo, melhor o Senhor opera sua Graça, fazendo-o agradável aos seus propósitos. (2Co.3:5, Sl.37:5, Tt.2:11-14, Hb.13:20-21) (leia 399D)
Filipenses 2:5-11
Sua exaltação aos lugares celestiais... Mc.16:19, Lc.22:69, At.2:36, 5:31, Ef.1:20, Fp.2:19, Hb.1:9, 1Pd.3:22, Ap.5:12
Cristo glorificado... Visto na transfiguração, Mc.9:2-3; Descrito por si mesmo, Jo.1:51; Manifestado na conversão de Paulo, At.9:4-5; Descrito por João, Ap.1:13-16, 19:11-12. Mais... Is.53:12, 63:1, Mt.12:6, Lc.11:31, Fp.2:9-10.
Sua glória... Manifestado em sua volta ao mundo, Mt.16:27; Compartilhada pelos salvos, Mt.19:28; Contemplada na montanha, Lc.9:32; Revelada na encarnação, Jo.1:14; Possuida antes da fundação do mundo, Jo.17:5; Atribuída pelos exércitos celestiais, Ap.5:12; outros: Mt.24:30, Jo.17:24, Hb3:3
Humilhação... Foi desprezado: Is.53:3, Mt.13:55, Mc.15:29-30, Lc.16:14, Jo.10:20. Suportou humilhações: Is.53:9, Mt.27:38, Lc.2:7, 22:37, At.8:33, 2Co.8:9, Fp.2:7-8. Foi zombado: Mt.27:29, 41, Lc.22:63, 23:11, 36. Foi injuriado: Mt.27:39, Mc.15:32, Lc.23:39. Foi crucificado: Mt.27:35, Mc.15:24, Lc.23:33, Jo.19:23.
.
.
.
REFLEXÕES SOBRE O TEMA
.
.
.
Questões... (1)Lembremos 5 aspectos que podemos dizer claramente que Jesus se humilhou em ter vindo ao mundo. (2)Lembremos 5 aspectos que podemos dizer claramente que Jesus foi exaltado por ter vindo ao mundo. (3)A humilhação e exaltação de Jesus nos traz exemplos claros para nossas vidas; lembremos de 5 aspectos práticos que podemos viver sobre isto.
.
.
.
Introdução do Tema... Vários irmãos se levantam e cada um diz o que mais lhe chama a atenção no texto de Filipenses 2:5-11.
Leitura Reflexiva Hb.1:1-14. Intróito Declarativo: 404D
Abertura do Culto... (Leia com autoridade espiritual, com veemência profética e com convicção cristã, em nome da igreja, falando a Deus ou aos seus adoradores no culto.)... O nosso eterno Senhor Deus, é digno de toda a nossa adoração. Não somos dignos de sua presença, mas está entre nós com todo seu amor. Desejamos lhe oferecer o melhor culto do nosso coração. Glorifica-lo com nossa presença, quando a igreja está reunida, é nossa prioridade de vida. Em Sofonias 1:7 e Zacarias 2:13, a Bíblia orienta que diante do Senhor devemos estar calados, em absoluto temor, pelo que ele tem feito sobre toda a terra. O assunto bíblico deste culto é “A Humilhação e a Exaltação de Jesus Cristo” quando meditaremos nas razões que o Senhor teve para vir se humilhar em nosso favor, promovendo a exaltação eterna mediante os resultados amorosos que conseguiu diante da misericórdia de Deus..... NOSSA ORAÇÃO... Nosso Senhor Deus, és digno de toda a nossa adoração. Sejas dignificado em nosso culto. Agora e por toda eternidade. Amém. (cântico diferente das estrofes do hino 97A durante momentos apropriados do culto) hino coral 83A
.
.
.
Cantor Cristão (hinos A): 95 a 98. Hinário para o Culto Cristão (hinos B): 114, 125, 127, 189, 190. Outros Hinos (hinos C): 116 a 117
Nosso culto a Deus: 339D. Responso Congregacional: Manhã, 349D; Noite, 358D. Declaração Final: 416D. Bênção Final: 363D.
Leituras Coletivizadas (E): 44, 279, 127. Declaração Congregacional (D): 137, 181
Adicionantes... Calendário da Igreja; Dias Comemorativos, 396D; Oração Congregacional, 394D